Céus ibéricos voltam a receber os seus ases da aviação

Raid Ibérico e o Voar na Beira Baixa são duas iniciativas que vão povoar os céus da península

Comparte el artículo:

Compartir en facebook
Compartir en twitter
Compartir en linkedin
Compartir en whatsapp
Compartir en telegram
Compartir en email

Depois de uma paragem, em 2020, devido à pandemia da Covid-19, o Raid Ibérico vai novamente tomar conta dos céus portugueses e espanhóis já no próximo mês. Este reencontro, que já acontece há 18 anos, vai decorrer de 4 a 9 de Setembro e juntar 50 participantes e 27 aeronaves. Com a partida marcada para León e a chegada a acontecer em Málaga, os pilotos portugueses e espanhóis vão voltar a rasgar os céus da Península Ibérica, de norte a sul, numa iniciativa que também servirá para promover as regiões por onde vão passar.

Segundo o presidente do Aeroclube de Bragança, Nuno Fernandes, esta iniciativa vai «voltar a levar a cultura da aviação aos ares da Península Ibérica». As inscrições para o Raid abriram em Maio e esgotaram em três dias. Durante os seis dias desta iniciativa, os pilotos vão sobrevoar as cidades de León, Bragança, Leiria, Lagos, Granada e Málaga. Em cada um destes locais o grupo vai participar de um programa que vai ser composto por visitas a locais de interesse cultural, paisagístico ou patrimonial, bem como experiências gastronómicas característica do território em causa e locais próximos.

O Raid Ibérico é uma iniciativa conjunta do Aeroclube de Bragança (ACB) e da Fundacion Cielos de Léon. Este ano também vão participar o Aero Clube de Leiria e o Aero Clube de Lagos.

Voar na Beira Baixa, em pleno coração da Península Ibérica

Se preferir voar ao sabor do vento, a iniciativa Voar na Beira Baixa vai, até 4 de Setembro (consoante as condições climatéricas), encher os céus do coração da Península Ibérica. Na Beira Baixa, território repleto de história e beleza, dezenas de balões de ar quente vão participar nesta iniciativa que junta o voo a um programa repleto de actividades na natureza, descoberta cultural e experiências gastronómicas. Proença-a-Nova, Penamacor, Idanha-a-Nova, Vila Velha de Ródão e Castelo Branco são as terras que vão ver estes balões de ar quente nos céus.

Noticias Relacionadas