Con el patrocinio de:

Galp investe em força nas energias renováveis na Península Ibérica

Para além de um investimento recorde em Espanha, as Américas também vão ter importância no futuro da empresa

Comparte el artículo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Numa entrevista aos meios de comunicação social, o CEO da petrolífera portuguesa, Andy Brown, falou sobre os planos de futuro da empresa, que tem apostado na descarbonização e nas energias renováveis. Sobre este último aspecto, Brown anunciou que iria ser feito um investimento recorde em Espanha, por onde irá passar um terço do novo plano de «emissões zero». O mercado ibérico é um dos mais importantes a nível mundial, especialmente na energia solar.

Sobre o investimento no mercado espanhol, o líder da Galp destaca que «Espanha é de grande importância na estratégia de descarbonização da Galp porque é o país onde temos mais e vamos ter mais energias renováveis, dadas as oportunidades e potencialidades que existem no mercado». A Galp actualmente, e graças a uma parceria com a ACS, é líder no mercado ibérico das energias renováveis (com 2 gigawatts) e é uma das principais intervenientes no mercado dos hidrocarbonetos em Espanha.

A aposta na vertente eléctrica, tanto nos carros como nos carregamentos, pretende que a empresa coloque, até 2025, 10.000 pontos no mercado ibérico. Até 2025 vão ser investidos entre 800 a mil milhões de euros por ano pela Galp. A energética pretende criar um eletrolisador com 100 megawatts em Sines que poderá processar quimicamente o lítio.

No Brasil, entre o petróleo e as energias renováveis

No Brasil, onde o grupo Galp é o terceiro maior produtor de petróleo (onde é sócio da Petrobras), a aposta nas energias renováveis também vai acontecer e depois da península Ibérica vai ser o terceiro país onde mais investimentos vão ser feitos. Até 2030, metade dos activos renováveis estarão focados nas Américas.

Noticias Relacionadas

Deja un comentario