Espanha reuniu-se com Portugal e Marrocos e pretende mais sedes no Mundial 2030

Esta foi uma das últimas reuniões antes da apresentação do dossier final desta candidatura junto da FIFA

Comparte el artículo:

Agadir, em Marrocos, recebeu mais uma reunião para preparar a candidatura ibero-marroquina ao Mundial 2030. O encontro tripartido visou “tomar as decisões finais relativamente ao número de estádios, à sua distribuição geográfica e à repartição dos jogos por país”. Ainda não há um documento final que explique estas situações. A proposta final deverá ser conhecida no final do mês de Julho. Fernando Gomes, da FPF, acredita que este Mundial «vai marcar o futuro da competição». Todos os envolvidos acreditam num futuro sucesso da organização do Mundial 2030, o primeiro a ser sedeado entre a Europa e África. A reunião aconteceu durante o Euro2024, onde Portugal e Espanha poderão se encontrar antes da final em Berlim.

O evento vai comemorar os 100 anos do Mundial de seleções masculinas. A Argentina, Paraguai e Uruguai também vão acolher três partidas do Mundial’2030, como forma de celebrar este centenário. Foi já há vinte anos, em 2004, que Portugal organizou o Euro 2004 e o seu organizador, António Laranjo, será o responsável pelo Mundial 2030.

Espanha pretende albergar  jogos em 12 estádios (do mesmo número de clubes) no Mundial’2030. Um dos estádios escolhidos seria o do Valência. Já Gijón e Múrcia deverão estar fora dos planos para o Mundial de 2030. Os estádios espanhóis já garantidos são: Santiago Bernabéu, Camp Nou, San Mamés, La Cartuja, Metropolitano, La Romareda e Riazor. A FIFA quer a final no Bernabéu.

Este pedido foi feito pela RFEF. A federação realça a «excelente colaboração estabelecida entre todas as partes envolvidas”. A vontade espanhola não está a ser aceite por Portugal e Marrocos.  No total a FIFA não quer mais do que 20 sedes.

Em relação aos outros dois membros desta candidatura, Portugal e Marrocos, vão receber três e seis jogos, respetivamente. Os escolhidos por Portugal, que vai ter uma meia-final, serão os estádios da Luz, Alvalade e Porto.

Mesmo sendo uma candidatura única, o dossier final deverá ser entregue brevemente a FIFA.

Noticias Relacionadas