Turismo de Portugal e de Espanha espera mais visitantes graças a série Casa do Dragão

Monsanto e Girona são alguns dos locais que serviram de cenário para os dragões mais conhecidos da televisão

Comparte el artículo:

A serie Casa do Dragão, antecessora da conhecida produção Guerra dos Tronos, é uma das produções mais aguardadas deste ano e foi (em parte) gravada na península Ibérica. Graças a esta estreia, as regiões turísticas do Centro de Portugal e de Espanha esperam um incremento no número de visitas. O mesmo aconteceu anteriormente na Croácia e na Islândia. Os operadores turísticos ibéricos preparam pacotes focados para os fãs dos dragões.

Os fãs espalhados pelo mundo vão poder acompanhar a história criada por George R.R. Martin em cenários tão conhecidos como a Extremadura ou a aldeia histórica de Monsanto. As belas paisagens, a fantasia e a história milenar do território ibérico prometem atrair todos o que comecem a acompanhar esta série. Em Espanha as paisagens vão de Girona a Granada, sem esquecer Cáceres. Nestas cidades existem castelos medievais, imponentes ruínas romanas, monumentos classificados pela Unesco e uma quantidade infinitas de paisagens de tirar a respiração.

Em Portugal, a vila de Monsanto será o principal foco de atenção, com as suas típicas casas de granito. Já é muito popular junto de turistas estrangeiros, em especial espanhóis, mas Casa do Dragão promete trazer uma nova vaga de visitantes. Monsanto é o ícone turístico da região. Esta é uma aldeia histórica que fica situada entre gigantescos penedos de granito, como é o caso da do Pé Calvo. Grutas, furdas e o seu castelo são outros dos encantos que poderão ser vistos nesta produção protagonizada por Matt Smith (conhecido internacionalmente por ter sido o 11º Doctor Who). Quando falamos de Monsanto é habitual a apelidar da “mais portuguesa de Portugal”. Receberam o seu primeiro foral das mãos de D. Afonso Henriques e os Templários construíram, na parte velha, uma torre de menagem.

A Casa do Dragão poderá ser acompanhada na HBO Max.

Noticias Relacionadas

Conceptos Iberistas (II)

Hace unos dos años publiqué en EL TRAPEZIO la primera parte de Conceptos Iberistas. El proceso de construcción conceptual del iberismo va ganando en profundidad