Remontada portuguesa no Mundial de futsal carimba passagem para a próxima fase

Emocionante duelo ibérico foi resolvido no último minuto e foi um dos grandes jogos da competição

Comparte el artículo:

Compartir en facebook
Compartir en twitter
Compartir en linkedin
Compartir en whatsapp
Compartir en telegram
Compartir en email

A seleção portuguesa e espanhola de futsal defrontaram-se nas meias-finais do Mundial da Lituânia-2021. Esta partida, repleta de emoção do início ao fim, foi decidida no último minuto do prolongamento e após uma remontada protagonizada pela equipa das quinas que foi comandada por um dos melhores jogadores mundiais da modalidade, Ricardinho. O jogador chegou a fazer parte do plantel da equipa madrilena Inter Movistar.

Após uma primeira parte pautada pelo equilíbrio e sem mudanças no marcador, mesmo tendo havido oportunidades de golo para ambos os lados, o segundo tempo foi diferente. Após uma entrada menos conseguida, os portugueses sofreram dois golos apontados em apenas 1 minuto. Os marcadores foram Adolfo Fernández e Adri Martínez. Com o relógio a correr contra os portugueses, aos 31 minutos André Coelho assinou o primeiro golo. O empate foi assinado aos 36 minutos graças a um chuto de Zicky.

Devido ao empate, as duas equipas ibéricas tiveram que recorrer ao prolongamento e ai a sorte e a tática espanhola foram positivas para os portugueses. José Raya, aos 43, fez um golo na própria baliza, já que Adri Martínez estava a jogar como guarda-redes avançado e como tal longe da defesa. A machadada final foi dada aos 48 pelo sportinguista Pany Varela. O marcador terminou 4-2 a favor dos portugueses.

Com esta vitória os portugueses passaram para a próxima fase e esperam o adversário que sairá do jogo Irão-Cazaquistão. Para além do duelo ibérico Portugal-Espanha, nesta fase do Mundial também tivemos o grande clássico da América latina que opõe Brasil a Argentina.

Noticias Relacionadas