Espanhol Português

A ministra dos negócios estrangeiros espanhola, Arancha González Laya, reuniu-se em Lisboa com o seu homólogo português, Augusto Santos Silva, para ultimar os preparativos da Cimeira Ibérica e intercambiar informação sobre a pandemia e a União Europeia.

González Laya anunciou que o grande objectivo desta Cimeira é a “transformação das regiões fronteiriças” entre Espanha e Portugal. A ministra dos negócios estrangeiros espanhola teve várias reuniões na capital portuguesa. Entre elas com a presidente da Fundação Calouste Gulbenkian, com empresários espanhóis e com o presidente do Parlamento português.

Augusto Santos Silva confirmou a Cimeira Ibérica a 2 de Outubro, apesar de Arancha González Laya ter indicado que esta será nos dias 2 e 3 de Outubro. Tudo aponta que não está encerrada a duração desta Cimeira.

O ministro dos negócios estrangeiros português deixou claro, diante os rumores que surgiram na Raia galaico-portuguesa, de um possível encerramento de fronteira, que essa opção não está em cima da mesa nem é pensada como uma solução.

Ambos os ministros consideram que a estratégia de recuperação económica e a reindustrialização ajudará a reforçar a cooperação bilateral e transfronteiriça. Perguntado pelo Lusitânia Express (comboio nocturno agora paralisado entre Lisboa e Madrid), Augusto Santos Silva declarou que será um dos assuntos que serão incluídos na Cimeira.