Espanhol Português

O 26º Festival Ibérico de Cinema (FIC) de Badajoz mantém-se fiel a sua data e vai acontecer com público e os responsáveis pelas curtas-metragens estarão presentes apesar da pandemia da Covid-19. O festival vai ser celebrado de 22 a 25 de Julho num novo espaço. O local escolhido é o recinto exterior do Museu Estremenho e Iberoamericano de Arte Contemporânea (Meiac) da capital pacense. O festival adaptou-se assim para cumprir as exigências requeridas.

O concurso mantém mais um ano a sua sede oficial em Olivença e San Vicente de Alcántara, cujos municípios buscaram espaços ao ar livre como alternativa. A Olivenza usará o seu Auditório Municipal para as exibições e San Vicente levará o festival para a Plaza del Centro de Associações, segundo pode ser visto num comunicado do festival à imprensa.

Enquanto isso, Badajoz decidiu pelo exterior do Meiac, pois este era considerado um local ideal para a FIC, uma vez que possui diferentes espaços ao ar livre, no centro da cidade e próximo a um edifício cultural “tão emblemático” quanto é o museu. Não muito longe do local oficial deste festival, o Teatro López de Ayala, que foi fechado devido à pandemia. Nesta edição, o Festival recebeu 480 curtas-metragens de cineastas espanhóis e portugueses. 24 foram selecionados para competir na sua seção oficial, dois deles são de Portugal. Nas curtas recebidas, 18 são de estremenhos. Quatro foram selecionadas, o maior número de curtas estremenhas até ao momento na secção oficial.

Câmara da Guarda reagenda 7ª Feira Ibérica de Turismo para 2021

A Câmara Municipal da Guarda, enquanto organizadora da Feira Ibérica de Turismo, após auscultar diversas entidades Portuguesas e Espanholas, face à situação da Pandemia Covid-19, e considerando as diversas orientações e recomendações, emitidas por diferentes organismos, entre eles a Direção Geral de Saúde, e, principalmente, tendo em conta o nível de risco para a Saúde Pública, tomou, agora, a difícil decisão de cancelar a Feira Ibérica de Turismo 2020, que após adiamento, estava prevista para o período de 2 a 5 de outubro. A Câmara de Guarda afirmou que “compete-nos, acima de tudo, garantir a segurança e saúde públicas, com a prudência e a responsabilidade social que é exigida a todos neste momento. Temos confiança que em 2021, a Guarda e o país estarão prontos para receber as mais de 500 entidades Portuguesas e Espanholas inscritas na FIT 2020, assim, como Cuba, o País convidado e a Região de Ávila como destino de destaque”.