Espanhol Português

O mercado ibérico (Espanha e Portugal) para o transporte de mercadorias por estrada fechou 2019 com receitas de 18,3 mil milhões de euros, mais 3%, de acordo com InformaD&B.

O relatório destaca que, apesar de uma desaceleração moderada do mercado, este teve um bom desempenho no ano anterior, colhendo seu sexto ano consecutivo de crescimento. Esta tendência deve-se às principais sucursais industriais dos clientes e ao sector da distribuição comercial, ao crescimento dos transportes internacionais e ao consumo das famílias, bem como ao dinamismo “notável” do comércio eletrónico.

O volume de negócios em Espanha aumentou 3,5% em 2018 e cerca de meio ponto a menos em 2019, enquanto em Portugal aumentou cerca de 2% por ano. Em ambos os países, há uma tendência de desaceleração das variações em 2017.

O transporte nacional mantém uma participação maioritaria no mercado espanhol, com uma percentagem próxima de 80%. Em Portugal, os serviços internacionais de transporte, que representam cerca de metade do volume de negócios total, são mais importantes.

O volume de carga transportada por transportes públicos em Espanha foi aproximado de 230 mil milhões de toneladas-quilómetro em 2018, depois de ter crescido 3,3%. No mercado português, o volume transportado aumentou pouco menos de 30 mil milhões de toneladas-quilómetro.

O setor em Espanha e Portugal foi composto em 2018 por cerca de 107.000 empresas, com cessação da atividade de cerca de 13.000 nos últimos oito anos. Apesar do aumento progressivo do grau de concentração da oferta, o setor continua sendo caracterizado por sua atomização acentuada. Os cinco primeiros grupos reuniram-se, em 2018, 13% do mercado em Espanha, e 17% em Portugal.