Espanhol Português

Espanha e Portugal mantêm um nível de cooperação muito forte, com múltiplos mecanismos, alguns bilaterais entre governos, outros apoiados pelo quadro de apoio institucional e económico da União Europeia, e muitos outros promovidos pela sociedade civil e entidades locais.

O ano de 2020 será o trigésimo quinto da nova era que começa com a entrada conjunta na União Europeia, e nos trará diferentes atos que marcarão o Estado e a vitalidade das relações luso-espanholas.

As atividades de cooperação abrangem todos os tipos de áreas, da gastronomia à ciência, do turismo à agricultura, seu número pode chegar a centenas. Muitos destes acontecimentos estão relacionados com a cooperação transfronteiriça. Há também congressos, reuniões e festivais, de diferentes áreas setoriais e profissionais.

O TRAPÉZIO, como um jornal ibérico, noticiará tanto quanto podermos chegar a esses tipos de eventos, especialmente aqueles que têm um alcance mais geral.

Para destacar na Agenda Ibérica 2020, fizemos uma seleção de dez eventos, sem prejudicar os muitos outros que estão organizados.

 

1) Domingo, 5 de janeiro. Cabalgata Internacional dos Três Reis Magos entre Valença do Minho em Portugal e Tui em Espanha, na Galiza.

É um evento de Natal em que os Três Reis Magos, com uma comitiva de mais de 150 pessoas em vários carros alegóricos, chegam a Valenca e atravessam a fronteira através da ponte internacional sobre o rio Minho, viajam para Tui. A tradição das cabalgatas dos Reis Magos, que está principalmente presente em Espanha, estende-se por toda a cidade portuguesa de Valença.

 

2) Em abril. XXXI Cimeira Ibérica dos Governos, em Guarda, datas ainda a serem especificadas.

Em 2019, devido à situação de interinidade dos governos, tanto espanhol quanto o português, a Cimeira XXXI Hispano-Lusa não foi realizada como planejado. Até 2020, se tudo correr normalmente, deve ser feito. As datas podem ser combinadas com as da Feira Ibérica de Turismo, que também é realizada na Guarda.

Estas reuniões anuais são a pedra angular da decisão política dos governos ibéricos. Na última Cimeira de Valladolid, foi feita uma declaração conjunta de 126 pontos, com vários compromissos nas seguintes áreas: combater o despovoamento das fronteiras através da cooperação transfronteiriça, da transição ecológica, da ciência e da tecnologia, da agenda agricultura e pescas, emprego, infra-estruturas, educação, cultura, turismo, segurança e defesa, União Europeia e agenda internacional.

Note-se que os acordos alcançados nas cimeiras ibéricas, em raras ocasiões, têm pouco desenvolvimento prático ou simplesmente não são cumpridos. Apelamos à criação de um relatório económico, compromissos de implementação e sistemas de avaliação claros.

 

3) Entre 30 de abril e 3 de maio. Feria Ibérica de Turismo de Guarda, que terá Cuba como país convidado.

O FIT visa promover o intercâmbio transfronteiriço, estimular as relações comerciais e o progresso dos vários sectores da economia e, portanto, o desenvolvimento de territórios. Tudo isso desde o impulso do turismo peninsular.

Em 2019, qual foi sua sexta edição, recebeu a visita de mais de 35 mil pessoas, representadas por cerca de meio milhar de entidades que ocupam uma área coberta de cerca de 11 mil metros quadrados.

 

4) Entre 1 e 31 de maio. XV Festival Internacional Máscara Ibérica em Lisboa.

Em 2020, o festival terá a oportunidade de celebrar a proclamação, da Caretos de Podence, como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, pela UNESCO.

O ponto alto do evento é o Desfile da Máscara Ibérica, que conta com a participação de vários grupos de pessoas mascaradas das diferentes regiões peninsulares, com mais de 500 participantes. O FIMI é hoje uma referência do projeto cultural ibérico e tem o privilégio de ser apresentado em um lugar emblemático da capital, Belém.

 

5) Sexta-feira 5 de junho. Futebol, Partida Espanha-Portugal, preparatório da Euro 2020. Estádio Metropolitano de Madrid.

A seleção espanhola enfrentará o atual campeão europeu na França 2016. É uma partida amigável de primeira magnitude entre dois candidatos ao título euro 2020, entre os quais eles ganharam as últimas três edições do campeonato.

 

6) Domingo, 5 de julho. Comemoração anual do Couto Misto. Na província de Ourense, Galiza.

A Associação dos Amigos do Couto Misto realiza todos os anos um acto simbólico com a proclamação de Juízes Honorários do pequeno território situado na fronteira entre Espanha e Portugal, que serviu como república independente desde a Idade Média até ao final do século XIX com a assinatura do Tratado de Lisboa de 1964.

Este evento conta com a presença de representantes dos concellos da região e da Comunidade Galega, para além da Associação de Plataformas Ibéricas.

 

7) Em julho. XXVI Festival Ibérico de Cinema Curta-metragens, em Badajoz.

A qualidade é a marca registrada do FIC, que se tornou uma referência no mundo do cinema.

Os curtas que competirão na Seção Oficial competirão pelo Prêmio Onofre de Melhor Curta-Metragem, além de prêmios de diferentes categorias.

A Junta de Extremadura, o Consórcio de Teatro López de Ayala, o Gabinete de Iniciativas Transfronteiriças e a Delta Cafés, entre outros, são patrocinadores regulares do evento.

 

8) Setembro a dezembro. XVIII Mostra da Cultura Portuguesa em Espanha

Com uma extensa programação de cinema, música e arte, em geral, que permite ao público espanhol desfrutar de uma vitrine de primeira classe da cultura lusa.

A exposição é um evento anual, que inclui várias cidades em Espanha (Madrid, Barcelona, Bilbao, Vigo…) organizado pela Embaixada de Portugal com a colaboração do Instituto Camões. É sem dúvida o evento cultural de maior alívio e orçamento daqueles organizados de Portugal para Espanha. O evento ganhou seus próprios méritos em um dos principais eventos da programação cultural de outono em toda a Espanha.

 

9) Em novembro. XXVII Cimeira Ibero-Americana. Andorra la Vella.

Em 2020 é a vez do terceiro país ibérico, Andorra, que assumiu a Secretária Pro Témpore das Cimeiras Ibero-Americanas, no final da última edição. A cimeira terá o lema “Inovação para o Desenvolvimento Sustentável – Meta 2030”.

É um facto muito significativo que o pequeno país dos Pirineus, onde as línguas catalã, espanhola e portuguesa, o terceiro país europeu no espaço ibero-americano, coexistem, assuma essa liderança organizacional.

 

10) Em novembro: XXXI Feria FEHISPOR. Badajoz.

A Feira Hispano-Portuguesa por antonomásia apresenta anualmente a melhor seleção de conteúdo português-espanhol, apostando na descoberta do melhor de ambos os lados de A Raia.

Uma feira multissetorial que mostra tudo o que a cultura ibérica tem para ensinar. Seus números são indicativos de ter se tornado ao longo de suas edições, uma plataforma única que recebe mais de 225 marcas e com um afluxo de cerca de 30.000 pessoas. A importante presença de empresas portuguesas dá à FEHISPOR um carácter único na península e ajuda a posicionar Badajoz como a porta de entrada para o mercado português.