Portugal rejeita ajuda da Galiza para receber doentes

Unidades de saúde nacionais com capacidade de resposta

Comparte el artículo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Portugal rejeitou a disponibilidade da Galiza para receber doentes com a covid-19, dado que as unidades da região Norte estão a conseguir dar respostas às necessidades, disse este domingo o Ministério da Saúde.

“O Ministério da Saúde agradece a disponibilidade manifestada pelo Conselheiro de Saúde da Galiza no sentido de ajudar Portugal e particularmente a região Norte, mas neste momento as unidades da região estão a conseguir dar resposta às necessidades”, justifica o Ministério, em resposta enviada à agência Lusa.

Segundo o ministério liderado por Marta Temido, “a situação da região Norte encontra-se estabilizada e com capacidade de resposta previsível para os próximos dias, tanto em doentes de enfermaria como em UCI [Unidade de Cuidados Intensivos]”.

Noticias Relacionadas

Como chegámos a uma «Tempestade Perfeita»?

O que é uma «Tempestade Perfeita»? Normalmente quando utilizamos esta expressão estamos a descrever um fenómeno meteorológico que foi criado graças a confluência de vários