Espanhol Português

Em pleno concelho de Chaves (Eurocidade Chaves-Verin), no coração de Trás-os-Montes e a poucos quilómetros da fronteira com Espanha, podemos encontrar o centenário Vidago Palace Hotel, uma das melhores unidades hoteleiras da Europa. Depois de ter sido, em 2010, remodelado pelo arquitecto Siza Vieira (prémio Pritska), esta unidade de 5 estrelas oferece aos seus visitantes o melhor da história aliada aos mais modernos equipamentos.

Perto da raia, as belezas naturais que este local nos oferece, especialmente as termais, são o principal atractivo turístico desta que é uma das mais belas e serenas zonas de Portugal.

Entrando mais na vila de Vidago, onde o quartel dos bombeiros transporta-nos para o século passado, temos o luxuoso hotel termal desenhado pelo arquitecto José Ferreira da Costa. O primeiro dono deste hotel, o Conde de Caria, era uma figura ligada a realeza da época e todo o luxo pode ser visto na decoração do espaço que foi idealizado durante o reinado de D.Carlos I.

Festas épicas

Nas décadas de 50 e 60, a fama do Vidago Palace Hotel intensificou-se devido às festas que aqui aconteciam e faziam com que as famílias da alta sociedade portuguesa esquecessem as agruras da II Guerra Mundial. Todas as preocupações terminavam assim que se entrasse no hotel e se olhasse as românticas e peculiares escadarias deste palácio.

Elegância e luxo

Com um espaço elegante e repleto de materiais nobres, este hotel é um local único para férias e nem os preços elevados costumam ser impeditivos, com a ocupação a estar sempre nos 60% (de momento, devido a actual pandemia, este espaço está fechado).

A maioria dos seus visitantes são cidadãos portugueses dos 30 aos 60 anos mas também é visitado por vários estrangeiros. Os turistas espanhóis, franceses ou ingleses são aqueles que mais procuram este espaço para poderem usufruir das terapêuticas águas do Vidago (de interesse nacional), que são usadas nos tratamentos de Spa, que chegou a ser considerado o melhor da Europa pelos World Luxury Spa Awards.

Situado no Parque das Pedras Salgadas, que tem 110 kms e árvores gigantescas, das propostas apresentadas destacam-se os campos de golfe (muito apreciado pelos golfistas que se deslocam até aqui para enfrentar as dificuldades apresentadas ao longo dos 18 buracos que compõem este golfe de montanha, inaugurado em 1936, onde mensalmente realizam-se diferentes provas que opõem alguns dos melhores golfistas nacionais), de ténis, piscina ao ar livre (tem outra coberta na área do SPA).

No exterior do edifício há um percurso de trekking para manter o corpo são ou, se pretender, dar alguns passeios de bicicleta para melhor conhecer as gentes e a cultura desta região de Trás-os-Montes.

Muitos são os segredos que este centenário Palácio tem para revelar aos seus visitantes assim que os hotéis reabrirem.