Con el patrocinio de:

Fábricas do grupo Volkswagen na Península Ibérica vão estar ligadas por comboio

Projeto Move to Zerø pretende ajudar na descarbonização dos transportes logísticos na Península Ibérica

Comparte el artículo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A Autoeuropa, em Palmela, e a fábrica da Seat, na Catalunha, vão passar a estar ligadas por um serviço de comboio que vai funcionar uma vez por semana. A estimativa é que o novo serviço transporte mais de 20 mil veículos por ano. Desta forma, e graças à sua estratégia Move to Zerø, serão evitadas 2.400 viagens rodoviárias. A estimativa é que as reduções das emissões de dióxido de carbono cheguem aos 43%. O projeto Move to Zerø é uma das iniciativas do grupo que tem estado a apostar na descarbonização dos seus transportes logísticos.

Até então, os veículos produzidos em Martorell eram transportados até agora de comboio para Salobral (Madrid) e depois distribuídos a partir daí de camião. Com o serviço de comboio, esta ligação vai ser direta à fábrica de Palmela. No regresso, o comboio irá transportar os veículos fabricados em Palmela para o porto de Barcelona, de onde serão distribuídos para outros destinos. O transporte dos automóveis entre as instalações da Volkswagen e da Seat será feito pela Pecovasa Renfe Mercancías.

Este serviço, que já começou, é constituído por 16 vagões que são capazes de transportar até 184 veículos por cada viagem. Em 2023, vão ser anexadas mais duas carruagens que permitem o transporte de 200 veículos. «Este projeto faz parte da estratégia One Production das fábricas do Grupo Volkswagen na Península Ibérica, que procura otimizar recursos, gerar sinergias em três centros de produção e aumentar a eficiência», afirmou Herbert Steiner, Vice-Presidente da Produção e Logística do grupo.

Noticias Relacionadas