Cimeira Ibérica deverá ser adiada para o início do mês de novembro

Possibilidade foi avançada pelo autarca de Viana do Castelo em conversa com os jornalistas

Comparte el artículo:

A Cimeira Ibérica, que este ano irá acontecer na cidade minhota de Viana do Castelo, deverá ser adiada para novembro. Mesmo com os preparativos para a próxima reunião entre os dois governos ao mais alto nível em andamento, o autarca de Viana levantou a possibilidade de adiamento. A nova data para que esta Cimeira seja realizada será anunciada oficialmente até sexta-feira, dia 7 de outubro.

O presidente da Câmara de Viana do Castelo, Luís Nobre, em conversa com os jornalistas falou sobre esta possibilidade que foi avançada pelo Jornal de Notícias. A próxima data da Cimeira Ibérica deverá coincidir com os primeiros dias do mês de novembro. Para além das reuniões oficiais, o programa paralelo vai promover várias visitas nas cidades de Viana e de Braga. O Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia e a fábrica de vacinas de Paredes de Coura, da biofarmacêutica galega Zendal, irão ser alguns dos locais que vão ser visitados pelas comitivas de António Costa e de Pedro Sánchez.

Os municípios que fazem parte da Eurorregião Norte de Portugal e Galiza olham para esta Cimeira com extrema importância para o desenvolvimento de vários projetos, incluindo a ferrovia de alta velocidade. O projeto do traçado que vai ligar Vigo a Lisboa foi apresentado, recentemente, pelo primeiro-ministro português. No encontro entre os dois governos para além dos avanços na ferrovia ou na transposição do estatuto de trabalhadores transfronteiriços do papel para a realidade, também se deverá falar sobre a candidatura Ibérica (onde se deverá juntar a Ucrânia) para o Mundial de 2030.

Noticias Relacionadas

Símbolos da JMJ em Sesimbra

Os símbolos da Jornada Mundial da Juventude, que vai acontecer no próximo ano no país, estiveram presentes na Paróquia do Castelo de Sesimbra. A presença