Navio da Marinha Portuguesa participou em exercício conjunto com a Marinha Espanhola no Troço Internacional do Rio Minho

Exercício das Marinhas pretende coordenar esforços em caso de acidente com embarcações neste rio internacional que une Espanha a Portugal

Comparte el artículo:

As Marinhas de Portugal e Espanha estão a realizar um exercício conjunto no rio Minho. Neste exercício participaram as embarcações NRP Rio Minho e o «Patrullero de Vigilancia» espanhol Cabo Fradera. O NRP Rio Minho encontra-se de missão permanente no Troço Internacional do Rio Minho. As pesquiras deste rio são tema da nova coleção de selos dos CTT.

As duas embarcações, que estiveram nas águas internacionais, participaram no exercício MARSEC24. Este exercício é organizado pela Marinha de Espanha. No exercício treinaram técnicas de busca e salvamento de desaparecidos. Vítimas que tenham caído de uma embarcação em perigo.

Este exercício, que acontece de forma anual, têm como objetivo «proporcionar treino e reforçar a cooperação entre os diferentes meios». Foi um treino bilateral para ambas as guarnições. A capitania do Porto de Caminha também participou neste exercício.

Noticias Relacionadas