Portugal, Angola e Espanha convidados pelo Brasil a participar no G20

O Brasil vai assumir a presidência do G20 tendo como principais temas o combate à pobreza e as alterações climáticas

Comparte el artículo:

De volta a cena internacional, o Brasil convidou Portugal e Angola para serem países observadores do G20. Sobre este convite, António Costa escreveu na rede social X que este é um convite que honra muito o país. «É, antes de mais, um sinal da excelência das relações entre os nossos países. Mas é também uma grande responsabilidade, que assumiremos com o máximo empenho ao longo do próximo ano».

O encontro dos 20 países mais ricos do mundo vai acontecer no próximo ano no Brasil. Os membros do G20 (grupo criado em 1999) são os; Estados Unidos da América, China, Alemanha, Rússia, Reino Unido, França, Japão, Itália, índia, Brasil, África do Sul, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Canadá, Coreia do Sul, Indonésia, México, Turquia, mais a União Europeia e a União Africana.

Como o próximo país a liderar este grupo, o Governo de Lula da Silva escolheu como temas centrais o combate à pobreza e as alterações climáticas. Durante este mandato, que vai durar até ao dia 30 de Novembro de 2024, o Brasil pretende organizar mais de 100 eventos. A Cimeira do G20 vai acontecer no Rio de Janeiro de 18 a 19 de Novembro de 2024.

Para além do convite feito aos dois países da CPLP, Espanha também foi convidada para participar como país observador na próxima reunião do G20. Em comunicado, o Ministério das Relações Exteriores do Brasil recordou que habitualmente estes convites são feitos. O convite do Governo brasileiro também foi estendido ao FMI, UNESCO, ONU e ao Novo Banco de Desenvolvimento .

Os países e instituições convidadas participam em partes específicas da Conferência de Líderes deste grupo onde podem contribuir de uma forma particular.

Noticias Relacionadas

Conceptos Iberistas (II)

Hace unos dos años publiqué en EL TRAPEZIO la primera parte de Conceptos Iberistas. El proceso de construcción conceptual del iberismo va ganando en profundidad