Iberoamericanas brilham no Miss Universo

Oricia dos Santos representou Portugal no certame que elege a mulher mais bela do universo

Comparte el artículo:

Compartir en facebook
Compartir en twitter
Compartir en linkedin
Compartir en whatsapp
Compartir en telegram
Compartir en email

A 70.ª edição do Miss Universo, que decorreu em Israel (Éilat), teve como a grande vencedora Harnaaz Sandhu, atriz e modelo indiana. O concurso é o segundo que se faz em pandemia e a última vencedora, a mexicana Andrea Meza, será a miss com o reinado mais curto da história. A melhor classificada iberoamericana foi Nádia Ferreira. A paraguaia ficou em segundo lugar. Portugal e Espanha ficaram fora do grupo das 16 semifinalistas. Cinco latinas fizeram parte deste grupo.

Este evento, que ao longo das décadas tem marcado os padrões de beleza a nível mundial, tem vindo a quebrar barreiras nos últimos anos. Em 2018, a espanhola Angela Poncé foi a primeira mulher trans a competir no Miss Universo.

A candidata que Portugal apresentou ao Miss Universo 2021 foi Oricia Dominguez dos Santos. A modelo de 27, que para além de ser portuguesa também tem as nacionalidades espanhola e venezuelana, na competição desfilou toda a beleza lusitana. Antes de ter participado no Miss Universo por Portugal, Oricia já tinha competido tanto no Miss Venezuela como no Miss Espanha. Oricia, que se sagrou Miss Portugal em Setembro, é filha de pai espanhol (galego) e mãe portuguesa (madeirense). A cultura luso-espanhola sempre esteve presente na sua vida. Oricia dos Santos é uma das caras do turismo da Madeira.

Oricia dos Santos, a Miss Portugal nascida na Venezuela e com pai espanhol

Nascida na Venezuela e formada na Condé Nast College, em Madrid, em Moda mas também em Enfermagem, já fotografou para prestigiadas revistas como a “GQ”, “Vogue” ou “Vanity Fair”. A modelo portuguesa defende a conscientização para o cancro e um consumo sustentável no mundo da moda. A Miss Portugal atualmente trabalha como personal shooper. No concurso, onde Oricia tentou ser a primeira miss oriunda de Portugal, existiam outras beldades provenientes do mundo Ibero-Americano. Por vinte e quatro vezes mulheres ibero-americanas foram consideradas as mais belas do mundo. Já a lusofonia tem três coroas, duas brasileiras e uma angolana.

Teresa Santos (Miss Brasil), Sarah Loinez (Miss Espanha), Luiseth Materan (Miss Venezuela) e Débora Hallal (Miss México) foram algumas das participantes da 70.ª edição do maior concurso de beleza do mundo.

Noticias Relacionadas