Lisboa voltará a receber a maior Feira Ibérica de Artesanato

O Património Cultural e Imaterial reconhecido pela UNESCO vai ser destacado na FIA

Comparte el artículo:

De 25 de junho a 3 de julho, a FIL vai voltar a receber mais uma edição da maior feira de artesanato da Península Ibérica. Esta feira internacional regressa a capital portuguesa com artesãos de 31 nacionalidades. Esta será uma presença superior a maior até então registada em 2019. Na mostra de artesanato, que é a segunda maior do género na Europa, os visitantes vão poder adquirir peças de artesanato únicas, degustar sabores regionais, ver danças e tradições dos quatro cantos do mundo.

As várias latitudes vão demonstrar o que de melhor há nas suas tradições na capital lusitana. A FIA vai, este ano, destacar o diverso Património Cultural e Imaterial reconhecido pela UNESCO. Durante os dias da feira as raízes e as tradições vão comungar com a modernidade e a inovação. Segundo Carla Borges Pita, da organização da Feira Internacional do Artesanato, esta é «um grande mosaico feito pelas mãos de pessoas que todos os dias mantêm vivos estes ofícios, tanto através da inovação como da tradição».

A 34.ª edição da feira vai preencher três pavilhões diferentes, num total de 30 000 m² de área expositiva. No primeiro pavilhão, que conta com o apoio do IEFP, vai ser exposto o melhor do artesanato nacional. Poderão ser vistos trabalhos de artesões oriundos de Alcochete, Barcelos, Caldas da Rainha, Coruche, Estremoz, Mafra, Miranda do Douro, Oleiros, Sintra, Viana do Castelo, Vila Verde, Açores e Madeira. Já no pavilhão 2, os visitantes poderão conhecer o que de melhor se produz no artesanato internacional. No último pavilhão os grandes protagonistas serão os vinhos e a gastronomia, duas partes importantes do ADN desta feira. Durante esta mostra vai ser eleita a Melhor Peça de Artesanato Tradicional e a Melhor Peça de Artesanato Contemporâneo. Estas serão exibidas numa área especial.

A 34.ª edição da Feira Ibérica de Artesanato vai acontecer de 25 de junho a 3 de julho na FIL, em Lisboa.

Noticias Relacionadas

Leonor en Portugal

“Me siento muy honrada después de recibir la Gran Cruz de la Orden de Cristo y de manos de Su Excelencia el Presidente de la