Porto de Sines prepara-se para receber os maiores navios do território ibérico

Sines caminha para se tornar num hub ibérico devido às várias instalações que para lá estão programadas

Comparte el artículo:

Com os novos pórticos, Sines vai poder receber os maiores navios porta-contentores na península ibérica. Estas gruas tem um alcance de 24 filas de contentores e uma altura de 55 metros. Com a inclusão destas duas novas gruas o porto de Sines vai poder manobrar navios com dimensões superiores a 24.000 TEU, sem limitações de tamanho.

Estes mega pórticos de cais ship-to-shore vai permitir que o maior porto de águas profundas de Portugal receba litro tipo de navios, o que expande a capacidade de Sines. Esta nova estrutura vai tornar Sines no “porto de entrada preferido” da península ibérica. O objetivo é criar um novo hub logístico em território ibérico.

As obras do Terminal XXI em Sines tiveram início em 2000, encontrando-se na 3.ª fase de expansão, neste momento. Em 2030, altura em que as obras deverão estar concluídas, o porto vai poder duplicar a sua movimentação anual. O porto de Sines vai ter uma ligação ferroviária a Espanha brevemente.

A Repsol é uma das empresas presentes em Sines, que vai receber um mega centro de dados. Este é considerado o maior investimento estrangeiro no país na última década. O projeto de hidrogénio em Sines e o gasoduto ibérico vão receber verbas da UE para a sua construção.

Noticias Relacionadas

Conceptos Iberistas (II)

Hace unos dos años publiqué en EL TRAPEZIO la primera parte de Conceptos Iberistas. El proceso de construcción conceptual del iberismo va ganando en profundidad