Espanhol Português

Os municípios de Ayamonte, Castro Marim e Vila Real de Santo António editaram uma agenda conjunta que inclui algumas das atividades mais destacadas da programação cultural das três localidades que compõem a Eurocidade do Guadiana. Essa ação está inserida na estratégia de promover a coesão territorial, aumentar a oferta de lazer e promover o fluxo de turistas e moradores entre as três localidades.

Entre as atividades que podem mobilizar os cidadãos entre os diferentes municípios durante o mês de agosto há peças de teatro, exposições, feiras tradicionais e concertos de diferentes estilos musicais, como flamenco, fado, zarzuela ou música clássica.

A agenda cultural conjunta é uma atividade incluída no projeto EuroGuadiana 2020, cofinanciada pela União Europeia através do Programa Operacional de Cooperação Transfronteiriça Espanha Portugal Interreg VA, e estava programada para começar a ser publicada em papel e em versão digital desde a primavera passada.

A reativação das atividades culturais e a reabertura da fronteira proporcionaram a integração dos eventos mais destacados dos três municípios no campo cultural a partir de agosto nesta agenda, o que contribuirá para melhorar o fluxo de informações culturais entre todos os eurocidadãos.

Atualmente, a Eurocidade do Guadiana está a desenvolver diferentes projetos para melhorar e coordenar a disseminação cultural neste território transfronteiriço, não apenas em relação às atividades, mas também muito especialmente nas áreas em que o património tem raízes comuns e ligações interessantes entre as duas margens do Guadiana.

Desde 2013, as três localidades localizadas na foz do grande rio da península Ibérica embarcam num caminho de cooperação que os levou a ter atualmente o principal instrumento de cooperação transfronteiriça da Eurorregião Alentejo-Algarve-Andaluzia: o Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Eurocidade do Guadiana.