Espanhol Português

No dia 3 de agosto, ocorreu um  fogo no município de Ayamonte, perto da área residencial da Costa Esuri. A extinção do fogo, que graças à ação rápida dos bombeiros florestais não evoluiu o suficiente para ser consideradoincêndio, contou com a participação das forças de segurança e proteção civil portuguesas, os Bombeiros de Vila Real de Santo Antônio e a Guarda Nacional Republicana.

Nas palavras de Nuno Pereira, Comandante dos Bombeiros de Vila Real de Santo António, “vemos este tipo de colaborações com bons olhos. Além de ser uma área de fronteira, pertencemos à Eurocidade do Guadiana e confiamos que, através desta entidade, possamos desenvolver protocolos mais amplos para ajuda mútua e fortalecer os laços no campo da assistência e proteção civil ”.

Por sua parte, Natalia Santos, Alcaldesa de Ayamonte e Presidente da Eurocidade do Guadiana, agradeceu aos bombeiros vilarealenses pela sua pronta ação: “Mais uma vez agradecemos a disposição de todos os efetivos que vieram de Vila Real de Santo António. Os três municípios estão cada vez mais unidos e isso, felizmente, manifesta-se em todas as áreas da nossa governança”.

A extinção do fogo foi coordenada pelo Dispositivo para Prevenção e Extinção de Incêndios Florestais na Andaluzia (PLAN INFOCA) e contou com a presença e apoio do Ayuntamiento de Ayamonte por meio dos Vice-Presidentes Javier López e Antonio Cazorla.

Os bombeiros portugueses participaram disponibilizando recursos terrestres e aéreos e agiram dentro do acordo internacional sobre incêndios florestais existente entre os dois países, que permite a intervenção em caso de incêndios em áreas próximas à fronteira.