Espanhol Português

No sábado, dia 12 de Setembro, reuniu-se pela sexta vez consecutiva o Fórum Cívico Ibérico, que prepara o encontro da sociedade civil, que vai acontecer em paralelo a Cimeira Ibérica de governos, que vai acontecer a 2 de Outubro na Guarda (Portugal). Diante das novas restrições de capacidade, diversas acções e eventos complementares estão sendo debatidos de forma online e e presencialmente. Entre eles, um evento com apresentações e intervenções no canal El Trapézio no Youtube, bem como uma apresentação, perante os meios de comunicação e as autoridades, de um manifesto na Guarda, que deverá ser limitado pela legislação portuguesa a 10 pessoas. No próximo sábado será decidido o que finalmente acontecerá.

Da parte do El Trapézio, a fazer uma cobertura espacial da Cimeira Ibérica, que inclui várias entrevistas com os seus protagonistas. A entrevista com Isabel Ferreira, Secretária de Estado para a Valorização do Interior do Governo de Portugal, e que iremos publicar nos próximos dias em formato de vídeo com Elena Cebrián, para a qual alertamos sobre as preocupações do Fórum Civil Ibérico e ela falou-nos sobre os meandros da negociação e sobre a recente Comissão Hispano-Lusa em Bragança, que discutiu, entre outros temas, sobre a exibição de televisão portuguesa. Questão que abordamos junto de ambas as dirigentes ibéricas para a negociação da Estratégia Comum de Desenvolvimento Transfronteiriço.

Neste último encontro, as lideranças locais de Vilar Formoso e Fuentes de Oñoro tiveram um papel especial. Embora se discutisse principalmente a logística do encontro, ideias como: a reconstrução de velhas casas e castelos, descoberta de actividades económicas que gerem trocas positivas, grupos mistos de saúde para as emergências dos Centros de Saúde de Raia, estudos sobre a alta incidência do cancro, abordar os problemas burocráticos que levam a paralisação económica da área, os processos judiciais sucessórios, uma eco-taxa negativa cobrada no sentido de cuidar do meio ambiente ou um repovoamento do terreno, com a população venezuelana de ascendência portuguesa a desempenhar um papel essencial, foram alguns dos tópicos debatidos.

A próxima reunião do Fórum Cívico Ibérico será no sábado, dia 19 de Setembro, pelas 12:00 em Espanha (11:00 em Portugal). Para se inscrever (gratuitamente), escreva para: [email protected]

A agenda de Meritxell Batet em Lisboa: VIII Fórum Parlamentar Luso-Espanhol

Nesta segunda-feira vão se reunir os Parlamentos Ibéricos, actividade que faz parte, desde 200), do cerimonial prévio às cimeiras luso-espanholas. O objectivo é contribuir com conteúdos para a cimeira e fazer um balanço e avaliação das relações bilaterais de ambos os países. Vai ser dedicada especial atenção a forma de investir os fundos europeus na Raia.

Esta é a oitava edição do Fórum. Do lado português, a delegação será encabeçada pelo presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, e vários deputados membros de comissões sobre a Cooperação Transfronteiriça, Negócios Estrangeiros, Assuntos Europeus, Economia, Inovação, Energia, Ordenamento do Território, Modernização Administrativa e Poder Local, entre outros. Também vão participar o primeiro e segundo secretários da mesa da Assembleia, a deputada socialista Maria da Luz Rosinha, o deputado do PSD Duarte Pacheco e o deputado João Gonçalves Pereira, em representação do CDS-PP.

A delegação espanhola do Congresso dos Deputados, liderada pela presidente Meritxell Batet, está integrada numa representação que conta com a Mesa da Câmara, formada por Ana Pastor, segunda vice-presidente; Gloria Elizo, terceira vice-presidente; Ignacio Gil Lázaro, quarto vice-presidente e Adolfo Suárez Illana, quarto secretário. Participarão também Arnau Ramírez, porta-voz adjunto da Comissão dos Negócios Estrangeiros; Joaquín María García Díez, porta-voz adjunto da Comissão dos Negócios Estrangeiros; Luisa Carcedo, presidente da Comissão de Política Territorial e Funções Públicas; Llanos de Luna, porta-voz da Comissão de Política Territorial e Função Pública; Daniel Viondi, primeiro vice-presidente da Comissão de Transição Ecológica e Desafio Demográfico; César Sánchez, porta-voz da Comissão para a Transição Ecológica e o Desafio Demográfico; Celso Delgado, presidente da Comissão de Assuntos Económicos e Transformação Digital; Diego Taibo, Segundo Secretário da Comissão de Assuntos Económicos e Transformação Digital; Susana Sumelzo, presidente da Comissão Conjunta para a União Europeia e Rubén Moreno, porta-voz da Comissão Mista para a União Europeia.

A presidente do Congresso dos Deputados, Meritxell Batet, terá o seguinte roteiro. Às 10:30 reúne-se com o Presidente da Assembleia da República de Portugal, Eduardo Ferro.

Depois dos trabalhos do Fórum, às 11:30, outras duas mesas de trabalho estão programadas. Sob o título de “Cooperação Transfronteiriça: Infra-estruturas e Conectividade”, serão discutidas as questões de transporte, canais de comunicação, inovação e transição digital. Simultaneamente, o terceiro painel, “Cooperação Transfronteiriça: Comunidades e Território”, abordará questões relacionadas com a população, ambiente, energia, redes de apoio às populações fronteiriças, apoio à fixação da população no interior e descentralização administrativa. O encerramento do evento, acontecerá a partir das 16:30, volta a contar com a intervenção da presidente do Congresso dos Deputados e do presidente da Assembleia da República de Portugal.

Pelas 12:30, Batet terá encontro com o Primeiro-Ministro português, António Costa. Às 16 horas, será recebida pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.