Portugal sagra-se campeã do mundo de futsal contra a Argentina

Pódio do Mundial de Futsal ficou entregue a três nações Ibero-americanas

Comparte el artículo:

Compartir en facebook
Compartir en twitter
Compartir en linkedin
Compartir en whatsapp
Compartir en telegram
Compartir en email

O pódio do Mundial de Futsal, que aconteceu na Lituânia, acabou composto por três nações da Iberoamérica. Portugal, Argentina e o Brasil foram as selecções que mais se destacaram na competição que juntou os principais jogadores de futsal mundiais na Arena Kaunas.

O terceiro lugar ficou entregue ao Brasil. Os canarinhos, uma das principais equipas do mundo na modalidade, ganharam ao Cazaquistão por 4-2. A partida começou por sorrir aos cazaques, já que Guitta (jogador do Sporting) marcou um autogolo mas os brasileiros conseguiram virar o marcador graças a Taynan (o jogador cazaque marcou em ambas as balizas), Rodrigo, Ferrão e Lé.

O jogo da final opôs a Argentina (campeões do mundo em título) a Portugal (actuais campeões da Europa). Depois do campeonato da Europa, conquistado em 2018 depois de um emocionante encontro contra Espanha, os portugueses apresentaram-se perante um pavilhão com uma grande claque portuguesa, composta em especial por estudantes de Erasmus. A emoção foi uma nota presente tanto dentro como fora da quadra.

Portugal apresentou um cinco com um dos melhores jogadores da história da modalidade, Ricardinho que é o máximo goleador com 22 golos marcados em fases finais de grandes competições, mas a história lusa deste encontro ficou escrita graças aos nomes de Bebé e de Panny Varela. O guarda-redes português defendeu várias oportunidades de golo para a Argentina, equipa que teve um jogador expulso após um murro na barriga de um dos portugueses. Já Panny Varela, que já tinha marcado contra Espanha, assinou os dois golos que deram a vitória e o título mundial. Claudino marcou o golo pela equipa Argentina.

Com a vitória, Portugal sagrou-se campeão mundial. O troféu junta-se ao título europeu conquistado três anos antes.

Noticias Relacionadas