El País anuncia o fim da sua edição dedicada ao Brasil

Projeto termina oito anos depois devido a insustentabilidade financeira

Comparte el artículo:

Compartir en facebook
Compartir en twitter
Compartir en linkedin
Compartir en whatsapp
Compartir en telegram
Compartir en email

O jornal El País anunciou que a edição que tinham em português dedicada ao Brasil terminou. «A edição em português do El País despede-se hoje dos seus leitores», informaram os responsáveis por este projeto. O fim acontece devido a não terem alcançado a sustentabilidade económica necessária para um projeto desta envergadura. Esta decisão, segundo o que os jornalistas escreveram nas redes sociais, foi anunciada tanto aos leitores como aos profissionais nesta terça-feira.

O El País, que vai manter os correspondentes que tinham em São Paulo, estará centralizado na edição América. A redação na Cidade do México vai ser a responsável pelo El País América, que em espanhol vai continuar a oferecer as melhores notícias oriundas do continente. Isto graças aos jornalistas que têm espalhados por todas as capitais americanas. Desde dezembro de 2019, o El País só operava na versão digital na América Latina.

Desde que foi criada, em 2013, informou sobre a atualidade brasileira e mundial. No site, onde tinham uma grande audiência e assinantes digitais, reportaram as mudanças políticas que terminaram na ascensão de Jair Bolsonaro a cadeira presidencial, as conquistas desportivas (com a realização dos Jogos Olímpicos e do Mundial de futebol) e a sua diversificada cultura. Na nota onde anunciam o fim deste site, o El País Brasil agradeceu o esforço e dedicação, tanto dos seus profissionais como dos seus leitores, e reforçaram que o país «é um eixo da informação global tanto no plano político e econômico, quanto no cultural e social».

O anúncio do encerramento do El País Brasil vem no mesmo momento em que o grupo francês Vivendi passou a controlar o conjunto de fundos que administra o jornal espanhol.

Noticias Relacionadas