Portugueses terão um maior orçamento para o verão, mas preferem férias no país

Espanhóis e franceses são as nacionalidades que pretendem fazer férias em território português

Comparte el artículo:

Um estudo, feito pela Europ Assistance, demonstra que o orçamento de férias dos portugueses cresceu 15% em comparação com o período homólogo anterior. A maioria dos portugueses inquiridos, 79%, pretendem viajar este verão. Um maior número comparando com o ano anterior. Destes, apenas 34% já reservaram com antecedência as férias. Para este ano, os que pretendem passar as férias fora de casa tem 1.543 euros para gastar.

Segundo o barómetro, os ibéricos são os europeus que mais se preocupam com a saúde no momento de viajar. Para além do cuidado com a questão sanitária, 71% dos portugueses admite que a situação económica é vista como importante na altura de decidir sobre as próximas férias. Neste aspeto, a atual inflação desempenha um grande entrave. Dos 1000 cidadãos portugueses questionados neste 21.º Barómetro Anual de Férias de Verão da Europ Assistance, que teve uma amostra de 15.000 indivíduos, 54% escolhe fazer “férias cá dentro”.

Com o nomadismo digital a, aos poucos, enraizar-se muitos pretendem trabalhar a partir do destino de férias escolhido. Mesmo assim, existe uma grande vontade de fazer turismo em outras nações. As mais escolhidas (dentro de território europeu) são: Espanha, França e Itália. Os portugueses na altura de escolher o destino optam por ficar perto do mar. Quando falamos sobre quais são as nacionalidades que mais pretendem fazer férias em território português, os espanhóis e os franceses são os que mais fazem planos para voar até o país. Segundo o WTCC, Portugal será o quarto destino europeu mais popular neste verão.

Noticias Relacionadas

El hecho local en Iberia

Cuando Francisco Pi y Margall proponía en su libro Las nacionalidades, de 1877, el principio de su concepción federal de España otorgaba todo el protagonismo