Tui e Valença voltam a receber a terceira edição do MUMI

Festival de música servirá de montra para artistas portugueses e galegos

Comparte el artículo:

Compartir en facebook
Compartir en twitter
Compartir en linkedin
Compartir en whatsapp
Compartir en telegram
Compartir en email

A Eurocidade de Tui-Valença vão, de 29 de Setembro a 1 de Outubro, vão receber a terceira edição da feira de música MUMI. As bandas que queiram participar no evento podem se candidatar online e de forma gratuita. Os organizadores pretendem que esta feira sirva como montra para os artistas emergentes que queiram se afirmar no espaço luso-galego. Durante três dias, empresa, artistas e profissionais vão abordar a música que se faz em Portugal e na Galiza.

Da edição de 2022 do MUMI fazem parte conversas, showcases e atividades que vão estar abertas aos cidadãos de Tui e de Valença. Este evento volta a juntar as indústrias musicais galega e portuguesa que desta forma podem usufruir da cultura do país vizinho. Segundo Manuel Vicente Roxo, que faz parte da equipa organizadora, a «Eurocidade Tui-Valença é o enclave perfeito para que esta se torne a feira musical de referência do oeste peninsular».

Este é um ano visto como de consolidação para o MUMI. A organização pretende afirmar o festival nos próximos cinco anos e explorar as possibilidades que o setor musical oferece na zona oeste peninsular. Na apresentação desta terceira edição estiveram, entre outros, o alcaide de Tui, Enrique Cabaleiro Gonzalez e o responsável pelo pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Valença, José Manuel Carpinteira.

Na 2.ª edição do MUMI, participaram mais de 80 artistas e 132 profissionais galegos e portugueses do setor musical, entre agências, programadores públicos e privados e jornalistas. Os 19 concertos e cinco conferências, que aconteceram ao longo de três dias, foram vistos por dois mil visitantes.

Noticias Relacionadas

Aranjuez, um paraíso real e monumental

O Real Sitio e Vila de Aranjuez é um dos lugares reais da monarquia espanhola mais interessantes para visitar na Comunidade de Madrid: reúne monumentos,