Festival «Vista Curta» vai destacar cinema galego

Evento dobra oferta de conteúdos e valoriza produções locais

Comparte el artículo:

Compartir en facebook
Compartir en twitter
Compartir en linkedin
Compartir en whatsapp
Compartir en telegram
Compartir en email

O festival «Vista Curta», que acontece em Outubro em Viseu, vai destacar nesta edição o cinema galego e apresentar um cine-concerto do vocalista dos GNR, Rui Reininho, com o realizador Edgar Pêra. Com o dobro da oferta em comparação com o ano anterior, a programação deste festival contou com a participação de Ramiro Ledo, galego ligado a distribuição de cinema. Alguns dos filmes galegos que vão ser projectados são: «Longa Noite», de Eloy Enciso; «Trinta Lumes», de Diana Toucedo; «Costa da Morte», de Lois Patiño e «Nación», de Margarida Ledo.

«Como é habitual, e é já uma das nossas marcas, o festival foca-se anualmente ou no cinema de um país ou num determinado realizador e, este ano, o nosso foco vai para o cinema galego com quatro longas galegas e, algumas, com a presença do realizador», explicou aos meios de comunicação Margarida Assis, uma das dirigentes do Cine Clube de Viseu. «Temos de promover ainda mais o local, até porque é a essência do Vista Curta, porque nasceu para promover e impulsionar as produções locais», disse.

A concurso haverá 16 filmes (estreados entre 2020 e 2021), divididos entre o drama, comédia, documentários e experimental. Nomes consolidados, como Paulo Abreu e Cláudia Varejão, também terão as suas obras na programação do festival. Na 11.ª edição do festival «Vista Curta», que vai acontecer de 12 a 16 de Outubro, também haverá espaço para os cine-concertos. O mais chamativo será o que vai unir Edgar Pêra e Rui Reininho, «Filmitis vs Reinitis», e ser baseado no primeiro livro do músico.

Noticias Relacionadas