Con el patrocinio de:

Fundación Cepsa valoriza projectos sustentáveis para a transição energética

Desde 2005 foram apoiados 385 projectos que melhoraram a qualidade de vida de 60 mil pessoas

Comparte el artículo:

Compartir en facebook
Compartir en twitter
Compartir en linkedin
Compartir en whatsapp
Compartir en telegram
Compartir en email

A XVII edição dos Prémios ao Valor Social da Fundación Cepsa, que em 2020 apoiou cinco entidades sociais portuguesas com um valor total de 56 mil euros, é uma iniciativa de apoio que dá oportunidade a que vários projectos ganhem luz e ajudem os grupos mais vulneráveis das sociedades onde a Cepsa está inserida. Promover a inclusão e a qualidade de vida de pessoas ou grupos mais desfavorecidos são os adjectivos procurados nos projectos que se apresentam a estes prémios.

A edição deste ano, que pretende valorizar as iniciativas sustentáveis que contribuam para a transição energética, conta com um orçamento de 500 mil euros que será entregue aos vencedores. Este valor subiu em relação ao ano anterior devido a situação pandémica e ao reforço do compromisso social necessário para enfrentar a presente situação. Segundo Cláudia Soares-Mendes, Portugal Marketing & Communication Manager da Cepsa, a aposta nos projectos relacionados com a transição energética é necessária para garantir um futuro mais sustentável.

Promover o uso de energias renováveis, a eficiência energética, a mobilidade de baixas emissões, a protecção da biodiversidade ou a divulgação no combate às alterações climáticas são alguns dos aspectos que os projectos apresentados devem ter para conseguir os 15 mil euros que serão oferecidos a cada um dos vencedores. Os escolhidos a nível regional serão anunciados em Dezembro e posteriormente os colaboradores da Cepsa vão escolher os cinco projectos vencedores. Nestes prémios participam programas sociais desenvolvidos em Portugal, Madrid, Canárias, Huelva, Gibraltar, Colômbia e Brasil.

Desde que os Prémios ao Valor Social da Fundación Cepsa começaram, em 2005, foram desenvolvidos 385 projectos que melhoraram a qualidade de vida de 60 mil pessoas.

Noticias Relacionadas