Nova co-produção luso-espanhola foi gravada entre Arcos de Valdevez e Santiago de Compostela

"Chegar a Casa" traz um regresso a Arcos de Valdevez após uma mudança radical

Comparte el artículo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

«Chegar a Casa» é a nova série luso-espanhola que vai ser transmitida todas as quartas-feiras pela RTP e plataformas digitais. Realizada por Sérgio Graciano, a co-produção tem como protagonistas Joana Seixas e Miguel Ángel Blanco.

«Este trabalho de co-produção é decisivo para nós, é uma forma de conseguir mais financiamento para os projectos, de conseguir que as equipas tenham uma experiência internacional e que tenham a possibilidade de chegar a outros públicos», afirmou José Fragoso, director de Programas da RTP na apresentação da produção a imprensa.

Esta é uma dramédia que vai levar o espectador a acompanhar os diversos caminhos percorridos pelas personagens. Esta produção, da portuguesa SPi e da espanhola CTV, terá oito episódios e conta a história de Marta. Esta mulher regressa à sua terra natal, no norte do País, depois de um casamento fracassado e de 15 anos a viver longe da família, em Santiago de Compostela. Enganada pelo marido, Cayetano, CEO de uma empresa de telecomunicações, Marta muda-se com os filhos para Arcos de Valdevez. A volta a casa é o ponto de partida desta produção muito real e dinâmica, como é descrita pelo elenco.

Para além da cidade portuguesa também houve gravações na capital da Galiza, Santiago de Compostela. A ligação de Portugal a Galiza sai reforçada, segundo um membro da produtora, com esta história. As gravações aconteceram durante o último trimestre de 2020 mas só estreia em 2021 devido a pandemia. Os diálogos desta série apresentam a mistura do sotaque muito próprio de Arcos de Valdevez com o espanhol.

Noticias Relacionadas