Con el patrocinio de:

O mercado ótico em Portugal e em Espanha recupera após a queda provocada pela pandemia

O mercado ótico ibérico apresenta uma grande concentração empresarial com cinco grupos a serem responsáveis por 58% das receitas conseguidas

Comparte el artículo:

Segundo a agência D&B, em 2021 houve um crescimento de 7,5% na venda de material ótico em Portugal. No último ano, este setor evoluiu e teve um ganho de 172 milhões de euros. Esta recuperação do mercado do material ótico em Portugal foi semelhante aquela que aconteceu em Espanha. No ano passado, este mercado cresceu 7,9% e ganhou 685 milhões de euros. O mercado ibérico cresceu na totalidade 7,8% e gerou 857 milhões de euros.

Das 85 empresas a operarem na península Ibérica, 55 estão localizadas em Espanha e 30 em Portugal. O Grupotico foi o primeiro grupo a ser criado em território português. O fabricante de lentes Shamir faturou, que tem três laboratórios, faturou 50 milhões de euros em 2021. Quando falamos sobre a localização destas empresas em Portugal, Lisboa é a região que concentra o maior número de pontos de venda, reunindo cerca de 22% do total. De seguida surgem Porto (14%), Braga (9%) e Setúbal (8%).

As lentes graduadas são o principal segmento do sector ótico em Portugal. Este mercado ibérico, que apresenta uma concentração empresarial, tem cinco grupos que representam 58% das receitas alcançadas. Este setor é descrito como tendo um grande poder de negociação dos distribuidores e onde proliferam as cópias de produtos originais. Mesmo com este aumento em Portugal ainda não houve uma recuperação total pois de 2019 a 2020 houve uma queda de 16,7%. Esta aconteceu devido a quebra da procura que existiu durante o período de confinamento e que levou a uma deterioração da actividade económica.

Noticias Relacionadas

Iter ab Emerita Salmanticam

En honor a la verdad, la calzada que construyeron los romanos para vincular Mérida (Emerita Augusta) con el norte peninsular -muy probablemente sobre un camino