Rebeca Grynspan foi condecorada por Marcelo Rebelo de Sousa

A secretária-geral Ibero-Americana está de saída para trabalhar nas Nações Unidas

Comparte el artículo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A secretária-geral da Secretaria Ibero-Americana, Rebeca Grynspan, foi condecorada pelo presidente da república portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique. Numa cerimónia no Palácio de Belém, Grynspan, que está de saída para ir trabalhar ao lado de António Guterres, recebeu esta Ordem que é uma das maiores do país e habitualmente é entregue a grandes individualidades.

Sobre a visita a Portugal, que aconteceu depois de ter estado em Espanha, e esta honraria a costa-riquenha agradeceu, nas redes sociais, «por esta honra, que recebo agradecida pelo que ela representa. Portugal representa o multilateralismo efectivo, comprometido e útil para os cidadãos, aquele que é necessário ao século XXI. Obrigada sempre».

A última vez que o presidente Marcelo Rebelo de Sousa e Rebeca Grynspan estiveram juntos foi na XXVII Cimeira Ibero-Americana, que decorreu na Andorra, e que contou com a presença não só da comitiva portuguesa (que também era composta pelo primeiro-ministro e o ministro dos negócios estrangeiros) mas também estiveram presentes o chefe de Governo de Andorra, Xavier Espot, o rei e o primeiro-ministro de Espanha, Filipe VI e Pedro Sánchez, e os presidentes da República Dominicana, Luis Abinader, e da Guatemala, Alejandro Giammattei.

A comunidade Ibero-Americana, que realizou a sua primeira Cimeira no México em 1991, é composta por 22 países. Portugal, Andorra e Espanha são as três nações europeias que fazem parte deste grupo que na última Cimeira da CPLP, em Luanda, juntou-se a lista de associados da Comunidade de Países de Língua Portuguesa.

Noticias Relacionadas