Espanhol Português

A diretora geral do Consórcio Zona Franca de Barcelona, ​​Blanca Sorigué, recebeu o Lingote de Prata da Logística, sendo a primeira mulher do setor a receber esta distinção, criada em 1990. Em seus 30 anos de história, a Assembleia de Lingotes de Prata concedeu 37 distinções a profissionais de destaque que se destacaram por seu trabalho no setor de transporte, logística, transitários, despachantes aduaneiros ou no setor portuário.

Desta forma, a Assembleia de Lingotes de Prata quis reconhecer a trajetória profissional de Blanca Sorigué em benefício da projeção e promoção do setor logístico, ao qual está vinculada há 23 anos em suas diferentes responsabilidades na Feira Internacional de Logística (SIL) e como diretor geral do Consórcio da Zona Franca de Barcelona. Sorigué ficou “extremamente feliz” e sublinhou que “para mim o sector da logística representa uma grande família, para a qual este reconhecimento torna-me uma ilusão muito especial”.

A diretora-geral do Consórcio Zona Franca de Barcelona também quis destacar os conceitos de sustentabilidade e talento feminino, garantindo que «são dois pilares que marcam a ação estratégica da nossa entidade através do nosso compromisso com a Agenda 2030 e os ODS de As Nações Unidas”. Sorigué também explicou que “Acredito sinceramente que temos que trabalhar ainda mais duro para tornar o setor cada vez mais respeitador do meio ambiente e incorporar o talento feminino de forma decisiva, porque mais mulheres são necessárias na logística, além de mais mulheres nos quadros de direção de empresas do setor”.

A entrega do Lingote de Prata realizou-se numa pequena cerimónia realizada no Museu Marítimo de Barcelona e contou com a presença da Direcção da Assembleia do Lingote de Prata, composta pelo presidente, Jacinto Seguí; o vice-presidente, José Miguel Masiques; o tesoureiro, Joaquín Cabané; o secretário, Arturo Pérez-Terol, e o presidente honorário, Joan Cardona.