Aliança Ibérica para o turismo enogastronómico

Realizou-se o Webinar "A Península Ibérica, berço do turismo gastronómico e enológico entre o Velho e o Novo Mundo"

Comparte el artículo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A Associação Espanhola de Enoturismo, AEE e a Associação Portuguesa de Enoturismo, APENO, estabeleceram uma aliança ibérica que irá conduzir a realização de várias iniciativas conjuntas para a promoção, formação e criação de produtos enoturisticos.

“Dois países historicamente unidos e irmãos devido a geografia, hospitalidade das suas gentes e o seu património material e imaterial: Unir forças era inevitável”, assinalam ambas as organizações.

Para José António Vidal, presidente fundador CEO da AEE e da Organização Mundial do Enoturismo, OMET, “a gastronomia converteu-se num motor socioeconómico que não só atrai um crescente segmento gourmet, enriquecendo a percepção do destino por parte de turistas nacionais e internacionais. Toda a proposta enoturistica, nas adegas e nos destinos, deve incorporar a harmonização fundamental do vinho com a comida”.

Por sua vez, Maria João de Almeida, presidente da APENO e delegada da OMET para Portugal, referiu que “a APENO está a estabelecer alianças com associações de enoturismo a pensar na internacionalização e na organização de iniciativas que nos ajudem a ser uma referência mundial neste domínio no sector. Esta aliança com a Associação Espanhola de Enoturismo faz todo o sentido, já que são dois países especialistas em hotelaria e com um potencial único na oferta de enoturismo e gastronomia”.

Como resultado da cooperação destas entidades, realizou-se o Webinar “A Península Ibérica, berço do turismo gastronómico e enológico entre o Velho e o Novo Mundo”, no qual participaram importantes personalidades do sector enoturistico e gastronómico de Espanha e Portugal.

Noticias Relacionadas

Como chegámos a uma «Tempestade Perfeita»?

O que é uma «Tempestade Perfeita»? Normalmente quando utilizamos esta expressão estamos a descrever um fenómeno meteorológico que foi criado graças a confluência de vários

Deixe um comentário