Espanhol Português

A distância entre Portugal e Espanha tem estado a encurtar-se cada vez mais e uma das provas está exatamente no setor da aviação. O número de passageiros a circular entre estes dois países tem aumentado de tal forma que o ano passado ficou marcado por um dos crescimentos mais fortes dos últimos tempos, ultrapassando os 5,6 milhões. Aliás, pode dizer-se que em vários meses de 2019 voaram entre Portugal e Espanha mais de meio milhão de pessoas.

De acordo com os dados divulgados pela AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, falamos de um aumento na ordem dos 16%. Os números falam por si e mostram que, de 2018 para 2019, mais 779,4 mil passageiros voaram de Portugal para Espanha ou o contrário. Com uma trajetória ascendente mais forte só Itália, França e Reino Unido.

O balanço do ano passado mostra ainda que não houve um único mês no decorrer de 2019 em que os aeroportos espanhóis não registassem um aumento significativo de voos ou com origem em Portugal ou com este país como destino. No topo da lista de meses em que mais se registaram aumentos estão, no entanto, os meses mais quentes. Em junho, por exemplo, mais 83,1 mil pessoas circularam entre os dois países, totalizando os 524,6 mil passageiros; em julho, mais 83,9 mil, passando para 578,4 mil e, em agosto, mais 73,4 mil, fixando-se nos 573 mil.

Os dados mostram ainda que, no total, os aeroportos de Espanha conseguiram, em 2019, atingir o recorde de 275,2 milhões de passageiros, para o qual muito contribuiu o crescimento nos voos domésticos.

Uma análise, divulgada este mês pela agência de notícias sobre viagens PressTur, já tinha mostrado que 2019 ainda não tinha acabado e o número de turistas portugueses já tinha conseguido deixar para trás os resultados de 2018.