Español Português

O ministro interino da Cultura e do Desporto, José Guirao, anunciou que Espanha e Portugal deverão apresentar em 2021 a sua candidatura conjunta à UNESCO para a primeira circum-navegação ao mundo, realizada por Fernando Magallanes e Juan Sebastián Elcano, com o objetivo de reconhecer a importância que essa aventura teve para a humanidade por causa de seu “impacto educacional, científico e cultural”.

A iniciativa busca envolver países na travessia histórica, como Cabo Verde, Brasil, Chile e Indonésia, disse o ministro. Os organizadores apresentarão e desenvolverão a proposta cultural coincidindo com o período de três anos da viagem, entre 1519 e 1522, para a qual, antes de informar a Conferência Geral, houve uma reunião anterior sobre esta questão com o diretor-geral da Unesco, Audrey Azoulay, como indicado por Guirao.

Na ausência de restos materiais ou arqueológicos dessa viagem, apenas os arquivos históricos, o projeto será apresentado a memória epígrafe do mundo, explicou, mas a resposta definitiva da Organização para a Educação, Ciência e A Cultura das Nações Unidas não será conhecida antes de um ano.

Enquanto se aguarda a decisão, a primeira grande exposição sobre esta gesta foi realizada no Arquivo das Índias em Sevilha e agora vai viajar para Portugal com uma pequena extensão, informou o gerente espanhol, e acrescentou que no Brasil também estão interessados em ter a mostra.