Espanhol Português

Decorreu no passado dia 2, na sede da Eurocidade Chaves-Verín, AECT, uma reunião sobre o Plano de Impulso à cooperação de proximidade na fronteira Galiza – Norte de Portugal.

O objetivo principal desta reunião foi avaliar a situação criada pelo encerramento das fronteiras ao longo dos últimos três meses e elaborar um Plano de Reativação para lidar com os efeitos do encerramento.

Este encontro pretendia incluir as contribuições do Eurocidade Chaves-Verín, AECT, no Plano de Promoção da Cooperação Local na fronteira Galiza-Norte de Portugal, documento  este que inclui uma série de orientações com  duplo objetivo.

Se por um lado, a Eurorregião Galiza-Norte de Portugal consegue enfrentar os desafios decorrentes da pandemia, nomeadamente a paragem da atividade económica e do encerramento da fronteira, por outro lado, é necessária preparação, num futuro hipotético, para impedir outro encerramento da fronteira com repercussões sociais e económicas.

Estiveram presentes nesta reunião o Director Geral de Relações Exteriores e da UE do Governo da Xunta da Galiza, Jesús Gamallo, Subdirector da Acção Externa, o Director do AECT Galiza-Norte de Portugal, José María Lago, a Secretária da AECT Galiza-Norte de Portugal, Graça Fonseca, o Vice-presidente do Munícipio de Chaves em representação do Presidente da Eurocidade, Francisco Melo, o Vice-presidente do município de Verín e secretário da Eurocidade, Diego Lourenzo, o diretor executivo da Eurocidade, Pablo Rivera, o chefe de Gabinete de Projetos Europeus da Eurocidade, José Sousa e a técnica de projetos Europeus da Eurocidade, Nerea Pérez Adriano. 

Esta ação é desenvolvida no âmbito do projeto EUROCIDADE2020, aprovado pelo Programa INTERREG V-A Espanha-Portugal (POCTEP) 2014-2020, com cofinanciamento FEDER.