Espanhol Português

António Costa, primeiro-ministro de Portugal, cujo pai nasceu em Goa, visitou a Índia, convidado pelo seu homólogo Narendra Modi para rever as relações bilaterais e reforçar a cooperação.

Narendra Modi, primeiro-ministro da Índia, informou que vai candidatar o seu país para o estatuto de observador na CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa). Portugal teve presença na Índia até 1961.

Costa participou da segunda reunião do Comitê Organizador para as comemorações do 150º aniversário do nascimento de Mahatma Gandhi, que foi presidida pelo presidente Ram Nath Kovind.

António Costa recebeu um convite para ser membro do Comité Gandhi, o que significaria ser o primeiro líder do governo estrangeiro com esta distinção.

O primeiro-ministro português afirmou que “o legado de Gandhi pode ser usado como base para continuar a construir uma vibrante e moderna relação entre Portugal e a Índia. Os Lusíadas, de Luís de Camões, fazem-nos embarcar numa aventura coletiva tendo a Índia como destino, numa viagem durante a qual Portugal analisa o seu passado e olha para o seu futuro. Deixem-me dizer que estou aqui diante de vós como um produto dessa jornada”, declarou.