Español Português

Ontem, o primeiro manual da história brasileira, escrito por um historiador espanhol, foi apresentado no Centro de Estudios Brasileños da Universidade de Salamanca, cujo título é Praça do mundo. A história informal do Brasil (Verbum, 2019). Seu autor, Carlos Sixirei, é professor de História de América na Universidade de Vigo.

Segundo o Centro de Estudos Brasileños o trabalho “pretende ser uma abordagem leve, mas não acientífica, à história do maior e mais poderoso país da Ibero-américa, uma nação que não fala espanhol e é uma exceção no rico mosaico de países de tradição hispana. Brasil aparece como um poder emergente, onde as empresas espanholas têm uma presença muito proeminente, mas que é um grande desconhecido para nós, para quem vários estereótipos permanecem como palmeiras, praias, mulatas, samba e futebol”.

Ignacio Berdugo, diretor do Centro de Estudos Brasileños, acolheu o autor e o parabenizou por sua pesquisa. O evento foi moderado por José Manuel Santos Pérez, professor titular de História de América da Universidade de Salamanca, que elogiou o autor e considerou que o livro “supera” os manuais anteriores de História, escritos por brasileiros. Ele enfatizou que “não é uma história nacional”, por causa do “afastamento” saudável do autor, e sublinhou a enorme quantidade de “depoimentos e referências da vida cotidiana” mencionados em todo um livro de mais de mil páginas.

Carlos Sixirei afirmou que, com seu trabalho, pretende inserir o “Brasil popular” na historiografia acadêmica. O historiador galego acredita que a história do Brasil é explicada muito bem através do futebol, escolas de samba e músicas populares.

O professor Sixirei explicou que o Brasil sempre foi um lugar global de cruzamento e encontro, “não muito bem definido ou costurado”. Justifica o uso da linguagem coloquial em seu trabalho porque o autor quer que a obra “seja vendida e lida em qualquer terminal rodoviário”. O livro lida com os períodos colonial, Imperial e republicano até o impeachment de Dilma Rousseff. Considera que “os dois mais importantes presidentes republicanos do Brasil são Getúlio Vargas e Luiz Inácio Lula da Silva”.

Brasil tem mais de 210 milhões de habitantes, 80% do total de lusófonos no mundo.

Carlos Sixirei Pereira (Santiago de Compostela, 1949) é formado em História pela Universidade de Santiago e doutor em História de América pela Universidade Complutense de Madrid. Completou estudos de pós-graduação nas universidades de Santiago, Complutense e de São Paulo. Publicou 14 livros e foi professor nas Universidades Católicas de Montevidéu e São Paulo; professor nos cursos de doutorado na Universidade Nacional Autônoma de Honduras e professor titular de História de América na Universidade de Vigo.