Espanhol Português

Depois das duas principais ligas de futebol ibéricas terem confirmado que iriam voltar para jogar as últimas jornadas do campeonato, também já temos datas para os primeiros jogos.

Em Portugal, o campeonato vai começar a 3 de Junho, com o jogo inaugural a contar com as equipas do Portimonense e do Gil Vicente a se defrontarem. O Porto também jogará neste dia. Já o Sporting e o Benfica voltarão ao campo a 4. A volta da Liga NOS, que terá este o último ano com este nome, fará com que o campeonato português seja o décimo quinto a voltar a ser disputado após a pausa geral que houve por causa da pandemia.

Já no caso Espanhol, Pedro Sánchez avançou, após uma conferência de imprensa no Palácio de La Moncloa, que a La Liga irá voltar a 8 de Junho, com os jogos a jogarem-se no fim-de-semana seguinte. As partidas até ao final serão jogadas, em ambos os países, a porta fechada e com os adeptos a poderem torcer pelas cores do seu coração apenas a partir de casa.

Estádios sem adeptos puxam á criatividade

O futebol vai voltar (na Alemanha já se jogaram duas jornadas) mas os adeptos terão que ficar em casa sem saberem quando voltarão a entrar no estádio das suas equipas favoritas. Todos os jogos poderão ser acompanhados a partir da televisão mas a falta de colorido nas bancadas está a puxar a criatividade de todos os participantes e aqui, mais uma vez, as novas tecnologias têm um papel importantíssimo.

A empresa Yd Entertainment, que tem como consultor o português José Pedro Rodrigues, desenvolveu, ainda antes da crise do Coronavirus (com especial enfoque na Premiere League), uma aplicação que pode recriar o habitual ambiente de um jogo de futebol. Em tempo real, e num ambiente sem público, poderá juntar a sua voz a dos restantes adeptos através de uma inteligência artificial que vai permitir que os jogadores sintam uma nova força de motivação.

Para além das aplicações tecnológicas, o plano de desconfinamento no futebol está a ser feito de formas diferentes. Na Dinamarca e nos países bálticos, já em Julho, poderão estar presentes 1.000 adeptos no estádio. Já na Coreia do Sul, foram colocados bonecos nas bancadas para representar os adeptos.