Espanhol Português

O Festival MOTELX, uma das grandes referências quando falamos em cinema de horror, vai celebrar-se de 7 a 14 de Setembro, no Cinema São Jorge, um dos ex-libris da cidade de Lisboa. Devido às circunstâncias excepcionais que o país e o mundo estão a viver, foram somados mais 2 dias, totalizando 8 datas onde o público poderá desfrutar de todas as actividades programadas.

Desde já estão garantidas todas as medidas de segurança e saúde para todos aqueles que queiram assistir.

Entre as novidades destaca-se o programa especial “American Nightmare: Racism and Horror Cinema”, o que condiz com o ano que estamos a viver e parece saído de um guião de cinema. Serão exibidas 7 obras inspiradas no movimento Black Lives Matter, propondo assim uma visão crítica da nossa história. As obras a emitir serão: “The Intruder” (Roger Corman, 1962), ), “Ganja & Hess” (Bill Gunn, 1973), “White Dog” (Samuel Fuller, 1982), “The People Under the Stairs” (Wes Craven, 1991), “Candyman” (Bernard Rose, 1992), “Tales from the Hood” (Rusty Cundieff, 1995) e “Get Out” (Jordan Peele, 2017).

Existiram filmes dirigidos por mulheres (onde vão ser apresentadas as melhores obras de terror dos últimos dois anos), uma secção de curtas especiais (20 foram seleccionadas a nível internacional e estão divididas entre ficção científica e o drama de época) e vai contar com a presença do conhecido director Pedro Costa, que será o convidado especial e vai falar sobre a afinidade com os filmes deste género. Também haverá a oportunidade de uma conversa, ao mesmo tempo em que vão ser projectadas, as películas “Ne Change Rien” (2009) y “Horse Money”.

Este programa vai contar, no fim-de-semana anterior, com várias actividades gratuitas e ao ar livre. Destas actividades destacam-se vários encontros artísticos e uma performance-concerto.

Em relação aos galardões, o Prémio MOTELX para a Melhor Curta-Metragem de Terror Português vai ter como contrapartida monetária o valor de 5000€ (o maior prémio económico dado a curtas-metragens em Portugal). Dada a situação gerada pela Covid-29, este ano as candidaturas poderão ser enviadas até ao dia 2 de Agosto. Os finalistas assim como as películas selecionadas para o Prémio MOTELX para Melhor Longa-metragem europeia/ Méliès d’Argent.

O MOTELX é o único festival português que recebeu as credenciais da Federação Internacional de Associações de Produtores de Cinema (FIAPF) e também é membro da Federação Internacional de Festivais de Méliès (MIFF).