Espanhol Português

A mostra de referência do cinema brasileiro em Espanha volta mais uma vez neste mês de Novembro com duas novidades: esta edição vai ser emitida exclusivamente online através do site www.novocine.es e vai girar em torno das curtas-metragens.

O encontro anual de cinema brasileiro, organizado pela embaixada do Brasil, reinventa-se para que o público espanhol possa desfrutar da cinematografia do país sem sair de casa. Devido a actual situação sanitária, esta mostra irá acontecer nos ecrãs das habitações dos espectadores que poderão desfrutar, durante oito dias, de doze curtas-metragens, duas delas de animação, de forma totalmente gratuita, através da página web do Novocine.

Nesta edição, que conta com a colaboração do Festival Internacional de Cine de Huesca, presta-se uma homenagem ao género da curta-metragem com a selecção de algumas das produções mais premiadas a nível nacional e internacional, com propostas como: “Recife frio”, de Kleber Mendonça Filho, ou “A Fábrica”, de Aly Muritiba. Estas produções vai colocar foco nas relações humanas, sendo protagonizadas pelos mais idosos, como pode ser visto em: “A volta para casa”, de Diego Freitas, ” Eu não digo adeus, digo até logo”, de Giuliana Monteiro; “Eu sou o super-homem”, de Rodrigo Baptista e “O véu de Amaní”, de Renata Diniz.

As curtas-metragens apresentadas muitas vezes têm finais em aberto, como acontece com “Pássaros na boca”, de Gustavo Ribeiro ou a “Luva de ouro”, Ivan Rocha Jr, e que darão origem a reflexão e troca de opiniões com os seguidores da mostra. Várias das produções apresentadas no Novocine XIV alcançaram distinções em certames espanhóis. Tal distinção ganhou “Amanhã”, de Aline Flores e Alexandre Cristófaro, reconhecido com o Prémio Danzante Alberto Sánchez Opera Prima Ibero-americana deste ano no Festival Internacional de Cine de Huesca.

Como ponto culminante, as animações “Só sei que foi assim”, de Giovanna Muzel, e “Morte e vida uterina”, de Daniel Bruson, programados em colaboração com o Quirino Ibero-American Animation Awards chegaram a finalistas nas categorias Melhor Curta-Metragem Escolar e Melhor Animação Ibero-americana, respectivamente.