Espanhol Português

O Talento Português em Espanha voltou a ser discutido e valorizado em mais um encontro digital, organizado pelo Fórum dos Portugueses. Com o fim do Estado de Emergência, passando a estar a vigorar em Portugal o Estado de Calamidade, o embaixador Mira-Gomes expressou o seu desejo de a próxima reunião poder ser presencial. As sete histórias de vida contadas são um exemplo, segundo Manuel Pereira Ramos (o organizador deste evento), do enorme valor que a comunidade portuguesa tem em Espanha e do enorme respeito que recebem e merecem.

João Paulo da Silva (SAP General Manager), que chegou pela primeira vez a Espanha no pico da pandemia, em 2013, sempre se sentiu muito bem recebido e destaca os grandes empreendedores ai existentes. Tendo vívido em vários países e conhecido inúmeros mercados empresariais, referiu que a fosse possível juntar o perfeccionismo português (algo quixotesco) com o empreendedorismo pragmático dos espanhóis teríamos a receita para o sucesso. A formalidade lusa associada a informalidade hispânica.

Uma forma de trabalhar mais «leve» e uma nova visão dada a Portugal é algo que é apontado por Patrícia Lisa, que faz parte dos quadros do Instituto Elcano, um dos centros europeus mais importantes em estudos internacionais. A coordenadora de uma rede ibero-americana que estuda a relação entre os dois países e a lusofonia lembra que o primeiro almoço que o instituto Elcano, que está a comemorar 20 anos de existência, realizou com um embaixador português apenas aconteceu em 2017. Se em 2015 eram escritos, por ano, 500 a 700 artigos sobre Portugal, só em 2019 7 mil peças que saíram em Espanha foram baseadas no país luso. Sobre este «boom» sobre a informação sobre Portugal, Maria de Lurdes Vale, antiga jornalista e actual directora do Turismo de Portugal, defende que esta curiosidade foi em muitos aspectos «atiçada» devido ao turismo.

Há 23 anos, Carla Sacramento, antiga meia-fundista portuguesa (os recordes nacionais dos 800, 1500 e 3000 metros ainda são seus), chegou a Espanha para se preparar para os Jogos olímpicos e deixou-se ficar no país vizinho. Esta cidadã do mundo, que leva Portugal no seu coração para onde quer que vá, relembrou que o seu início em Espanha custou mas a verdade é que pertencemos todos a uma mesma família. Actualmente a ex.atleta dá aulas no colégio Sagrado Coração.

Ainda há muitos espanhóis que não conhecem Portugal mas para Carla Sacramento todos podemos ajudar a dar a conhecer o nosso país e isso acontece também através da cultura. Este trabalho está a ser desenvolvido também pela embaixada. Pedro Berhan da Costa, conselheiro cultural, disse que há um genuíno interesse pela cultura portuguesa. A próxima mostra cultural, que vai para a sua décima nona edição, vai acontecer no outono.