Espanhol Português

Os socialistas da Guarda e os de Salamanca reuniram este Sábado em Vilar Formoso com o objectivo de discutirem estratégias comuns transfronteiriças para o desenvolvimento dos territórios da «Raia».

Alexandre Lote, presidente da federação distrital do PS da Guarda, disse aos jornalistas que o encontro serviu para ser preparado «um projecto de reivindicações comuns para os dois países nestas zonas e também de trabalho de proximidade entre os socialistas de ambos os lados da fronteira». Uma das principais prioridades será, adiantou, a ferrovia. Os encontros vão ser regulares, sendo que o próximo será esta semana em Salamanca.

Fernando Pablos, secretário-geral do PSOE de Salamanca, salientou que o objectivo destes encontros é elaborar «um documento reivindicativo conjunto dos socialistas de Portugal e de Espanha de ambos os lados da fronteira», para que sejam criadas condições para que «a fronteira seja uma zona de desenvolvimento económico nas relações entre os dois países» e «que viver nesta zona é algo que seja possível para quem o queira».

«Os socialistas portugueses e espanhóis consideram que são prioritárias as relações económicas, a tecnologia, a investigação e a educação» e querem que estas questões sejam abordadas na próxima cimeira ibérica, prevista decorrer antes do final deste ano na Guarda.