Con el patrocinio de:

EDP e Kia lançam rede de carregamentos ultrarrápidos em Espanha

Energética entre as descontentes pelas medidas aprovadas pelo Governo espanhol para baixar os preços da energia

Comparte el artículo:

Compartir en facebook
Compartir en twitter
Compartir en linkedin
Compartir en whatsapp
Compartir en telegram
Compartir en email

A EDP Comercial e a Kia Ibéria associaram-se para lançar uma rede de carregamentos ultrarrápidos em 40 dos concessionários que a marca automobilística sul-coreana tem em Espanha. Estes pontos, que estão espalhados um pouco por todo o território, vai permitir que os carros eléctricos sejam carregados em apenas 30 minutos. Espanha será um dos seis países europeus que vai estar na lista da transição para os veículos eléctricos já que vai produzir não só baterias como também um novo carro. Uma das grandes questões existentes quando se compra um carro eléctrico é onde se vai meter a carregar o mesmo.

Com esta aliança entre as duas empresas, a Kia torna-se na «primeira marca automóvel generalista» a promover uma rede de carregamento ultrarrápido com uma potência média de 150 kW. Todos os pontos de carregamento serão integrados na plataforma MOVE ON da EDP em Espanha e na KiaCharge, juntando-se aos cerca de 2.500 pontos de carregamento públicos geridos pela EDP em Portugal e Espanha.

EDP demonstra o seu descontentamento pelas medidas do Governo espanhol

Para colocar um travão na subida descontrolada no preço da energia, que no último ano atingiu sucessivos recordes no mercado ibérico, o governo espanhol aprovou um conjunto de medidas que inclui o corte dos impostos, especialmente na produção hidroelétrica ou nuclear (40% da energia é alcançada desta forma). Para que a fatura baixe, até ao fim do ano, 22%, as grandes energéticas vão perder 2.600 milhões de euros.

A Aelec, associação do qual fazem parte a Iberdrola, Endesa, Viesgo e a EDP, considera que esta medida do Governo espanhol é «injusta e desacertada». Para a associação, os consumidores deveriam ser protegidos com tarifas reguladas da volatilidade diária dos preços.

Noticias Relacionadas