Candidatura Ibérica ao Euro 2028 de andebol já foi apresentada

Portugal e Espanha pretendem trazer de volta à Península Ibérica a elite dos jogadores continentais

Comparte el artículo:

Compartir en facebook
Compartir en twitter
Compartir en linkedin
Compartir en whatsapp
Compartir en telegram
Compartir en email

A candidatura Ibérica para receber o Europeu de andebol, que vai acontecer em 2028, já foi submetida e a decisão final será conhecida em Novembro. Com o lema «Jogamos sob o mesmo hino», as Federações portuguesa e espanhola da modalidade pretendem trazer até à Península Ibérica a elite dos jogadores continentais. Tal como a candidatura para a organização do Mundial de futebol em 2030, onde Portugal e Espanha também concorrem em conjunto, as federações voltam a cooperar para realizar um grande evento.

«Juntos somos mais fortes e esta candidatura pretende mostrar a toda a Europa do andebol que os dois países, para além de amigos e vizinhos, têm todas as condições», refere Miguel Laranjeiro, presidente da Federação de Andebol Portuguesa, sobre esta oportunidade única de receber a maior festa do andebol europeu. A paixão pelo desporto, um modo de vida em comum e a construção de um legado para as novas gerações são as raízes desta candidatura que pretende juntar dois caminhos para formar um único que traga as grandes estrelas do andebol europeu ao sul do continente. O convénio de colaboração foi assinado em Outubro de 2020 e contou desde o primeiro minuto com o apoio do governo espanhol.

«Esta é uma candidatura ambiciosa, mas sustentável», reconhece o presidente da Real Federação Espanhola de Andebol, Francisco Blázquez. A candidatura Ibérica pretende, no ano em que a competição celebra 30 anos, repetir a organização dos campeonatos que aqui aconteceram em 1994 (a inicial) e em 1996, em Portugal e em Espanha. O calendário concebido para o Euro 2028, que vai acontecer entre os dias 13 e 30 de Janeiro, terá uma semana de competição na ronda preliminar em Lisboa (dois grupos), Madrid, Málaga, Valência e Ourense. A ronda principal vai acontecer em Lisboa e Madrid e a final será na capital espanhola.

Para além da candidatura Ibérica, também existem as possibilidades da Suíça e o trio Dinamarca, Suécia e Noruega. Ao contrário das restantes, a candidatura apresentada por Portugal e Espanha só concorre a organização do Europeu masculino de 2028, o que é visto como um aspecto positivo.

Noticias Relacionadas