Con el patrocinio de:

Fundos Europeus de Recuperação poderão ser estreados com Portugal e Espanha

Os primeiros planos de recuperação serão aprovados em Bruxelas já na próxima semana

Comparte el artículo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Na próxima semana a Comissão Europeia deverá aprovar os primeiros planos de recuperação, que começaram a ser enviados pelos diferentes Governos europeus para aprovação logo em Abril. O Mecanismo de Recuperação e Resiliência, do qual faz parte o «Next Generation EU», tem um fundo de 750 mil milhões de euros para ser usado pelos diferentes estados-membros.

Em pleno Parlamento, que se reuniu em Estrasburgo, a presidente Úrsula Von der Leyen anunciou que a estreia desta «bazuca europeia» deverá acontecer em breve e segundo os meios de comunicação espanhóis os primeiros beneficiados poderão mesmo ser Portugal e Espanha, que irão ver assim os seus esforços agraciados antes da paragem política do verão. A aprovação dos planos dos dois países ibéricos, que entraram no grupo europeu há 35 anos, será um dos principais feitos da Presidência portuguesa da União Europeia.

Para avançar na recuperação económica e deixar para trás os impactos provocados pelo Coronavirus, Portugal e Espanha terão direito a PRR’s no valor de 16,6 mil milhões de euros e 140 mil milhões de euros, respectivamente. No primeiro trimestre de 2021, em que a economia europeia recuou 1,7%, Portugal foi que mais perdeu, com uma quebra de 5,4% do PIB.

Para além da aprovação dos primeiros planos, a Comissão também está a preparar emissões de dívida, que vão servir para financiar a recuperação europeia, já a partir do mês de Julho. Para financiar a recuperação, a Comissão Europeia vai, em nome da UE, contrair empréstimos nos mercados de capitais até 150 mil milhões de euros por ano. O bom uso das verbas dos planos de recuperação e resiliência poderão ser monitorizados pela Interpol.

Noticias Relacionadas

Deja un comentario