A iberista Natália Correia vai ser homenageada em evento paralelo à ARCOmadrid

Na feira de arte contemporânea vão participar 18 galerias portuguesas

Comparte el artículo:

A escritora e politica Natália Correia, um dos nomes femininos que marcou os anos do antes e depois do 25 de abril de 1974, vai ser a homenageada da edição deste ano da mostra de arte contemporânea portuguesa em Madrid. A mostra, que vai ficar na residência oficial do embaixador português, vai expor 21 artistas contemporâneos portugueses e uma espanhola. A exposição A Desordem Necessária, que tem a curadoria de Ana Cristina Cachola, resulta de um dialogo entre as coleções fronteiriças de Elvas (Museu de Arte Contemporânea) e de Madrid (a galeria Helga de Alvear).

A organizadora desta iniciativa é a Embaixada de Portugal em Espanha. A iniciativa pretende promover artistas portugueses na capital espanhola. A edição do ano passado desta iniciativa levou a que Ângela Ferreira fizesse uma exposição na residência do embaixador. Esta mostra levou a que uma peça desta artista fosse adquirida pelo MACBA — Museu de Arte Contemporânea de Barcelona.

Esta homenagem vai acontecer numa iniciativa paralela à ARCOmadrid, esta vai acontecer de 22 a 26 de fevereiro. A ARCO vai ter como tema O Mediterrâneo: Um Mar Redondo. Na 42.ª edição da ARCOmadrid são esperados cerca de 90 mil visitantes. O ministro português da Cultura, Pedro Adão Silva, vai estar presente em Madrid durante a próxima semana. Na feira vão participar 211 galerias de 36 países, incluindo 18 portuguesas.

As galerias portuguesas serão as seguintes: 3+1 Arte Contemporânea, Balcony, Bruno Múrias, Carlos Carvalho, Cristina Guerra Contemporary Art, Filomena Soares, Francisco Fino, Miguel Nabinho, Monitor, Uma Lulik, Pedro Cera e Vera Cortês, Kubikgallery, a Lehmann + Silva e a Quadrado Azul. Também existe uma galeria de origem alemã mas que tem um espaço na capital portuguesa. Estas galerias estão divididas entre as cidades de Lisboa e do Porto. Há ainda 15 artistas portugueses expostos em galerias espanholas que vão estar presentes nesta feira de arte contemporânea.

Durante a ARCOmadrid, a embaixada também vai promover o lançamento de um mapa de 31 artistas portugueses representados em 26 galerias de dez cidades espanholas (A Coruña, Badajoz, Barcelona, Madrid, Palma de Maiorca, Santander, Santiago de Compostela, Saragoça, Sevilha e Valência).

Noticias Relacionadas

Iter ab Emerita Salmanticam

En honor a la verdad, la calzada que construyeron los romanos para vincular Mérida (Emerita Augusta) con el norte peninsular -muy probablemente sobre un camino