Con el patrocinio de:

Best Chef Awards destacam alguns dos melhores chefs da cozinha Ibérica

Na lista dos 50 melhores cozinheiros encontram-se vários espanhóis e portugueses

Comparte el artículo:

Compartir en facebook
Compartir en twitter
Compartir en linkedin
Compartir en whatsapp
Compartir en telegram
Compartir en email

Os Best Chef Awards, entrega que aconteceu na Holanda, premiaram os melhores chefs de cozinha mundiais e a gastronomia Ibérica não foi esquecida. A cozinha feita na península Ibérica, especialmente a mediterrânea, é conhecida por ser uma das mais saudáveis do mundo e boa para o coração. O uso de azeite ou do tomate são dois ingredientes presentes nos pratos que melhor representam a cozinha portuguesa e espanhola.

Da lista dos 50 melhores, o primeiro nome é o do madrileno Dabiz Muñoz, responsável pelo cardápio do restaurante DiverXo, que tem três estrelas Michelin. O 3° lugar é do rosto por detrás do restaurante Mugaritz, Andoni Luis Aduriz. Um dos chefs espanhóis que faz parte desta lista (28° lugar), uma das mais prestigiadas da gastronomia mundial, e que pode ter a sua comida degustada em Lisboa é Martín Berasategui, do restaurante Fifty Seconds. Em 31° lugar está Eneko Atxa, do Eneko Lisboa.

Entre estes nomes encontramos os de Sá Pessoa (que também recebeu o prémio Nova Entrada) e Avillez, que estão na primeira metade desta lista. Em 38° e 44°, respectivamente, os dois chefs portugueses são os responsáveis pelos restaurantes Alma e Belcanto, ambos com estrelas Michelin. O último desta lista de cinquenta entradas é o austríaco Hans Neuner, que está à frente do estabelecimento algarvio Ocean. O chef Sá Pessoa acredita que esta distinção é positiva para Portugal, já que existem vários restaurantes no país nesta lista, e o primeiro-ministro António Costa usou as redes sociais para congratular os dois cozinheiros lusitanos. Os Best Chef Awards também se fizeram em português do Brasil com a chef Manu Buffarra, que venceu o prémio Seguidores.

Noticias Relacionadas