Con el patrocinio de:

Cepsa apresenta plano com foco em Portugal e em Espanha

A mobilidade sustentável e as energias renováveis fazem parte do plano Positive Motion

Comparte el artículo:

Compartir en facebook
Compartir en twitter
Compartir en linkedin
Compartir en whatsapp
Compartir en telegram
Compartir en email

A Cepsa apresentou a estratégia Positive Motion, que será implementada até 2030. Esta nova visão de negócios da companhia é composta por dois ecossistemas: mobilidade sustentável e new commerce, e energia sustentável. Estes sistemas serão alimentados pelos Energy Parks (que serão espaços digitalizados de ultra-conveniência) e por alianças com parceiros estratégicos. Este plano pretende converter a companhia na líder em mobilidade e energia sustentável em Espanha e Portugal.

A Cepsa pretende ser uma referência focada na descarbonização e nas necessidades que os clientes apresentam. Para tal, a companhia pretende investir durante esta década entre 7.000 e 8.000 milhões de euros. 60% deste investimento será capitalizado, a partir de 2023, para negócios sustentáveis. Mais de metade dos lucros da empresa, no futuro, virão deste tipo de negócio.

Para além do objeto emissões zero, a Cepsa pretende ser Net Positive. A Cepsa pretende, em 2030, reduzir as suas emissões de CO2 em 55% em comparação a 2019 e aspiram alcançar zero emissões em 2050. As intensidade de carbono dos seus produtos será reduzida até ao fim da década entre 15 a 20%. Também haverá a aposta no fabrico de biocombustíveis para ajudar a descarbonizar o tráfego aéreo.

A Cepsa pretende ser líder em hidrogénio verde em Espanha e Portugal, com uma capacidade de produção de 2 GW em 2030. Os Parques Energéticos na Andaluzia serão a parte de entrada no continente para a exportação deste tipo de energia. A península Ibérica será um importante pólo para a importação e exportação de hidrogénio verde para a Europa, África e Médio Oriente.

Noticias Relacionadas