Museu da Língua Portuguesa junta-se a comemoração do centenário de Saramago

Fundação Saramago e Museu assinaram acordo para celebrar vida e obra de Saramago no Brasil

Comparte el artículo:

Compartir en facebook
Compartir en twitter
Compartir en linkedin
Compartir en whatsapp
Compartir en telegram
Compartir en email

O Museu da Língua Portuguesa, que reabriu no verão após o incêndio que o consumiu, vai se unir à celebração do centenário de Saramago. A celebração começou a 16 de Novembro, tanto em Portugal como em Espanha, e vai se estender até 2022. Esta iniciativa pretende consolidar a presença do escritor na história cultural e literária, em Portugal e no estrangeiro. Para os representantes do museu, o autor português tem uma «grande projecção no Brasil», tanto a nível cultural como linguístico.

O museu de São Paulo vai apresentar um conjunto de iniciativas inspiradas nas obras de José Saramago, que em 2022 comemoraria 100 anos. Para assinalar o centenário do prémio Nobel da literatura vão decorrer exposições e outras iniciativas gratuitas destinadas ao público mais novo. O Museu da Língua Portuguesa vai apresentar material expositivo disponibilizado pela Fundação Saramago.

Estes materiais também vão poder ser vistos em vários museus que fazem parte da rede estadual de São Paulo. A parceria assinada entre o Museu e a Fundação resulta de «transmissões cruzadas, nas redes sociais do Museu da Língua Portuguesa, de eventos próprios e/ou de eventos em parceria com a Fundação José Saramago». Do programa das comemorações do centenário de Saramago faz parte um Colóquio de Estudos Saramaguianos no Brasil, a edição de uma moeda comemorativa e uma leitura em simultâneo de duas obras (Memorial do Convento e O Ano da Morte de Ricardo Reis) pelos estudantes do ensino secundário no dia 16 de Novembro de 2022.

O Museu da Língua Portuguesa dá um grande foco nas diferentes formas de falar português que existem nos 4 continentes.

Noticias Relacionadas