Con el patrocinio de:

SmartRental aumenta investimento em Portugal e em Espanha

Aumento nos preços leva a que o arrendamento seja cada vez mais a opção correcta

Comparte el artículo:

Compartir en facebook
Compartir en twitter
Compartir en linkedin
Compartir en whatsapp
Compartir en telegram
Compartir en email

A empresa espanhola SmartRental está a crescer em Portugal apostando no coliving. Para reforçar a sua expansão internacional, a empresa tem 100 milhões de euros para investir nos próximos cinco ou seis anos na Península Ibérica. Em Espanha têm espaços em Madrid, Valência e Barcelona. Em Portugal já estão presentes no Porto e a ideia de investimento consta na compra de imóveis para depois reabilitar segundo os padrões da empresa. O grande objectivo é aumentar a sua oferta em 3.000 quartos que poderão ser arrendados por pessoas que procuram um lugar para ficar. Também têm espaços de coworking.

«Esta operação é, sem dúvida, a mais importante da nossa história e um passo em frente para mostrar ao sector que temos tudo muito claro», contou o CEO da empresa, Fernando Rodríguez, numa conferência de imprensa dada em Espanha. A SmartRental nasceu em 2011 e acredita que já em 2022 poderá ultrapassar o volume de negócios que tinham registado antes da paragem gerada pela pandemia de Covid-19.

O arrendamento de apartamentos e casas para estudantes e turistas está cada vez mais na moda tanto em território lusitano como espanhol. Uma nova área do imobiliário alternativo que ganha cada vez mais força graças aos clientes universitários e aos que procuram um local para estarem em teletrabalho.

Bolha imobiliária em Portugal

Segundo dados do Eurostat, a bolha imobiliária está a crescer há cinco anos. Em 2020, mesmo com a pandemia, o índice de preços cresceu 7,4% em território nacional. Ao contrário de Portugal, Itália e Espanha não correm o mesmo risco. Itália é mesmo o país europeu com as casas mais baratas. Em Espanha, o índice de preços apenas aumentou 2,1%.

Noticias Relacionadas

EL TRAPEZIO: o primeiro xornal ibérico

EL TRAPEZIO (2019) é unha publicación dixital dirixida ás comunidades hispanofalante e lusolusofalante. O seu obxectivo é crear unha opinión pública ibérica, dada a existencia